JULIA GABRIELE: A criança que foi vítima de um grotesco bullying na internet;

Por Gustavo Magnani, 

o porquê de o “cyberbully” ser mais

do que uma palavra da moda:

IMPORTANTE: pelas últimas informações, Julia não cometeu suicídio (ainda bem).

p.s2: pelos comentários que já rolaram, preciso fazer um pedido inusitado. LEIAM a matéria antes de comentar, galera.

___

Eu estava préstes a ir assistir The Walking Dead e dormir, quando um amigo/leitor me perguntou se eu conhecia a história da Julia Gabrielle, 11 anos. Ele me passou alguns links e logo soube que eu não assistiria o seriado hoje, a cota de “sem cérebros” já havia sido preenchida, infelizmente.

Pedirei para irmos por partes, pois sei que o assunto é polêmico e renderá muita discussão.

A História

Essa parte da matéria terei que ir editando com o tempo, pois a história da Julia Gabrielle, 11 anos, ainda não está muito clara. O boato mais forte, agora, é de que ela tenha se suicidado. Isso por conta de uma (suposta) postagem no facebook da própria mãe, que dizia “VOCÊS MATARAM MINHA FILHA!” – escreverei mais sobre boatos ao final da postagem, vamos ao que, por hora, é “oficial”.

Julia Gabrielle, 11 anos, apenas 11 anos, ainda criança, 11 anos, mal chegou na época em que precisa de 2 números para contar a idade, 11 anos, mal chegara na época em que você não pode mais contar a idade com os dedos das mãos, 11 anos. Mal chegara na idade de se preocupar com beleza… ou… já deveria?

Ficou notável que insisti, a todo instante, na idade da Julia, pois é algo elementar para compreender toda a discussão que se seguirá. A criança, como quase toda hoje em dia, possuía um perfil no facebook, onde, como qualquer pessoa normal, postava suas fotos e gostos. Pois uma dessas fotos chegou nas mãos de um jêniu do humor – daquelas que a gente tem visto de monte por aí: “DKSAPDKA humor negru rlz” – e acabou tomando proporções gigantescas:

JULIA GABRIELE BULLYING

Em suma, Julia Gabrielle foi vítima de piada por causa dos pelos faciais, principalmente da sobrancelha.

Você consegue imaginar a situação? A criança implorando para pararem, sendo submetida a uma tortura psicológica, enquanto os piadistas insistiam em continuar tirando sarro. Eu vou deixar a parte da “zoação” para discutir depois, mas eu gostaria de um exercício de imaginação muito simples: imagine-a chorando, ao lado da sua mãe, postando súplicas pras pessoas pararem e, em contra partida, as piadas apenas aumentavam.

É realmente deplorável. E eu odeio parecer maniqueísta, mas, não há maniqueísmo nenhum em minha ação. Há, na verdade, um caso de crueldade muito sério, que, ao primeiro instante, pode parecer superficial ou algo perto disso. Mas, não, não é.

 

A “”brincadeira””

Não sejamos hipócritas, é lógico, “brincadeiras” como essa acontecem o tempo todo e são, por si só, triste de se ver. Mas, digamos, que, em um momento, ela não cruze uma linha de tanta ‘seriedade’. É algo fugaz, rápido, algo que existe demanda na internet – e muitas páginas alimentam-na -. Não estou dizendo que o fato, por si só, já não é grave, mas que, ainda mais sério, foi a insistência na piada quando a menina já se mostrava frágil, triste, atingida. Não só ela, como sua mãe e seu pai.

A permanência – até agora – das piadas é algo deplorável. E, provavelmente, devem acontecer também nesse post – espero eu que não.

“Tem que raspar mesmo…”

Em resumo, esse foi o comentário de centenas de pessoas. E eu pergunto: tem que raspar mesmo? Sei lá… cabe a cada um, ora bolas. Mas, talvez, não coubesse a Gabrielle  – e isso torna o caso muito mais triste -. Repito: ela tinha apenas 11 anos e, com essa idade, não existe tanta autonomia para certas ações. Talvez ela desejasse, mas tivesse vergonha de pedir para sua mãe. Sim, isso é normal. Eu mesmo, com 11/12 anos, tinha “bigode de criança” e morria de vergonha para pedir aos meus pais ajuda, ou admitir que já estava na hora “disso”, por mais visível que fosse. Imagine, então, uma menina com a idade dela.

Veja bem, eu não estou dizendo que ela deveria ou não raspar, estou apenas mostrando que em todas as hipóteses possíveis, a criança permanece sendo a vítima.

a) Ela queria raspar, mas, pela idade, não tinha coragem.

b) Ela não queria raspar.

Independente de qual for a resposta, nenhuma delas faz da Julia merecedora de tanta gozação.

É lógico que a sociedade possui padrões e rejeita o que for diferente a ela. Isso sempre aconteceu e sempre acontecerá, todavia, com a internet, tudo ganha mais força, mais velocidade, mais intensidade. Se estrelas nascem de um dia para o outro, outras morrem – e nem falo da morte física da Julia, que ainda é um mistério -, mas falo de tudo o que ela JÁ passou. O constrangimento virtual e físico, a vergonha de ir à escola, o pai ter que ir à delegia depois de um dia inteiro de trabalho, o choro da mãe, a necessidade de apagar todas suas fotos do facebook para tentar evitar ainda mais polêmica. Tudo o que Julia já viveu nesses últimos dias não é para qualquer -e por isso eu torço firmemente para que ela ainda esteja viva.

JULIA GABRIELE BULLYING

Tratarei agora de alguns pontos mais gerais, que li nos comentários e, provavelmente surgiriam (ou surgirão) por aqui caso eu não escrevesse desde já – aí eu teria que responder individualmente cada um. Por isso, sempre antecipo algumas coisas, como vocês já sabem.

Facebook não é para criança

Relativo. Não existe uma lei que diga com quantos anos uma pessoa possa ter um perfil em qualquer rede social do mundo [menos as eróticas, lógico]. O facebook é a “segunda casa” de muita gente e não é de hoje. Evitemos a hipocrisia. Ele está aí e está para todo mundo, não apenas para quem você acha que deveria estar. E, pela criança, nada de “vexatório” era postado. Se alguém não deveria ter acesso ao twitter, facebook, orkut, google +, essa pessoa, certamente, não é a Julia, mas sim o tipo de gente que se mantém numa posição agressiva de “troll”.

Aliás, dizer que o facebook não é para criança me parece uma posição absurdamente radical. Onde estamos? Em uma selva, onde não há gente civilizada? O facebook é um antro de animais sedentos por carne nova? Se essa é a esfera que determinadas pessoas têm da rede social, bem, é preciso trocar as páginas curtidas, os amiguinhos e, inclusive, a maneira de se relacionar. Eu tenho uma prima de nove anos que não faz nada mais do que postar suas fotos e brincar com as amigas. ISSO é errado?

Pode-se questionar o tempo que as crianças passam no computador, mas, não para ESSE caso, pois, mesmo se ela passasse 24 horas na internet, isso também não justificaria nenhuma agressão – e se você acha que justifica, aí fica complicado de manter uma discussão razoável.

[editado]: trouxe mais este parágrafo para explicar algumas coisas: as pessoas persistem no questionamento da idade. Uma delas – a qual eu conheço – perguntou o que faz uma criança de 11 anos em uma rede social que só “aceita” acima de 13 – como se isso fosse realmente alguma coisa. Engraçado é que, nesse caso, em particular, o jovem de 14 anos, o qual eu conheço, comenta em postagens em outros sites para maiores de 18 anos, gerencia uma página ERÓTICA no facebook e faz comentários sobre pornografia na internet. Ou seja… pornografia não é só para maiores de 18? COMO DIABOS ele acessa se ele só tem 14? Ora… sabe por que? Porque quando convém, a pessoa solta qualquer tipo de argumento, sem fazer uma reflexão básica.

Eu odeio trazer esse tipo de discussão para o lado “pessoal”, mas o fiz apenas para exemplificar como as pessoas são extremamente hipócritas quando lhes convém. E ver se, de uma vez, esse papo da idade diminui.

Culpa dos pais

Essa foi uma das que eu menos entendi, sinceramente. Do jeito que as pessoas são, eu não captei se algumas falavam da “liberdade” que ela tinha no facebook, ou da “genética” de Gabrielle. Independente do que for, jogar a culpa para os pais por uma coisa que o mundo causou, é muito fácil. Como se eles já não estivessem arrasados o suficiente, alguns comentaristas à lá educadores que não possuem o menor conhecimento da área, querem jogar a responsabilidade para o lugar comum: ou os pais, ou o governo. É difícil entender que só há um culpado. E eles não são nem os pais, nem o governo [!?], nem a própria Julia. Os únicos culpados são os piadistas.

Aliás, pelo que me parece, a criança não tinha nenhuma liberdade maior do que qualquer pessoa normal de sua idade. Ela só postava fotos, coisa sobre seus ídolos etc. Nada que fosse vergonhoso ou absurdo para sua própria imagem ou da sua família.

“pq ela não podia fazer a sombrancelha e ae todos parariam de zoar ? “

Retirei diretamente de um comentário no facebook. Acredito que isso tenha sido explanado acima e não seja necessário explicar tudo novamente. Mas, vale a repetição: ou ela poderia ser muito nova, ou ela poderia não querer. Independente de qual é a resposta, isso não justifica nenhuma ação do tamanho da que aconteceu.

“Você nunca tirou sarro de nenhuma pessoa?”

Defender-se com esse tipo de argumentação é digno de pena. Eu estudava com um colega que passou pelos mesmos problemas da Julia. Assim que ele entrou na classe, logicamente, tornou-se alvo de pequenos comentários. A “brincadeira” chegou até o ouvido dele? Sim, foi feita, inclusive, perante ele [não por mim, que fique claro]. Todavia, não passou JAMAIS de uma “gozação saudável”. Ele tornou-se amigo de todos e sempre souberam qual o limite entre uma rápida piadinha e um bullying cruel. Hoje ele sai com todos e se diverte normalmente.

Não estou a defender a radicalização de que tudo é bullying. Quem acompanha o site, sabe que sempre reitero um ponto importantíssimo: o – tão esquecido [se é que eu um dia foi lembrado] – bom senso. Existiram as primeiras piadas com a menina? “Ok”. Ela suplicou para que parassem? Significa que já havia passado o limite há tempos. Ademais, o bom senso já é chutado quando marmanjos da internet resolvem avacalhar com uma criança de 11 anos.

E se tudo for mentira?

Me parece até bestial acreditar nisso, mas, como a internet é a internet e li alguns comentários a respeito, apenas deixo claro que “se tudo for mentira”, isso não muda nada, pois o que foi dito em torno da criança mesmo depois do fato começar a estourar, serve de exemplo para tudo o que foi tratado aqui. É exatamente como disse lá em cima, mesmo depois de todo o caso começar a sair – até com o possível suicídio da criança -, as piadas e os comentários maldosos ainda persistiam e se for tudo mentira?

“(se ela se matou) (eu também já sofri cyberbully) Ela é fraca”

Típico julgamento de quem está completamente por fora da discussão e só consegue enxergar o próprio umbigo. “Eu já passei por muito pior”, parabéns campeão, já retirou sua medalha hoje? A sua experiência não é a mesma experiência que o outro tem. Existe o indivíduo e ele deve ser tratado com o respeito que lhe cabe, não que o respeito que cabe a você. Entendam isso, nós não estamos falando do fulano ou do cicrano, estamos falando de uma criança de 11 anos.

Comentários Finais

Eu espero, de todo coração, e acredito, que a Julia esteja viva e seu suicídio tenha sido apenas um boato [tanto é que não me foquei nisso ao longo do texto]. Também deixo claro que vou atualizando a postagem assim que novas notícias forem divulgadas. Vocês devem ter percebido que tudo foi escrito e coletado em pouquíssimo tempo, assim, possíveis falhas (espero eu) devem ser perdoadas. Eu não tratei diretamente, mas, com toda a explanação acerca do acontecimento, espero que tenha ficado claro o porquê de o cyberbulli ser muitíssimo perigoso.

Sobre a suposta morta de Julia: agora, na tarde do dia 26, eu também não acredito que ela tenha morrido [ainda bem!]. Mas, o boato era forte pela madrugada e eu não poderia desconsiderar a suposição.

___

URGENTE: ESTE TEXTO TEM SIDO PLAGIADO POR INÚMEROS SITES. POR FAVOR, CASO VOCÊ TENHA ACESSO AOS PLAGIADORES, AVISE-NOS VIA MENSAGEM NO FACEBOOK Literatortura, pois eles serão contactados para responder à Justiça e à punição que o google adsense impõe aos seus parceiros.

Quer reproduzir a matéria? Dê os devidos créditos ao AUTOR e disponibilize o link do SITE.

 

p.s: vamos deixar BEM claro que essa matéria não reflete, diretamente, a discussão de politicamente correto e politicamente incorreto. Não sou defensor do “politicamente correto”. O foco aqui é outro – que já foi bem tratado ao longo da materia.

p.s[2]: a grafia do nome Julia, no seu facebook, não possui acento, por isso, optei por seguir o perfil da mesma. 

*****

Gostou desta postagem? O literatortura lançou uma revista com temática exclusivamente cultural, para que nossos leitores possam aproveitar um conteúdo ainda mais aprofundado e qualificado! Não perca! Clique na imagem e assine!

_______________________________________________________________________________________________________

Gustavo Magnani, estudante de Letras da UFPR, proprietário do literatortura. Está revisando o primeiro livro, mas sente dificuldades hercúleas para escrever uma bio. [e, como pode-se notar, adora metalinguagem]

 

_______________________________________________________________________________________________________

SOBRE O AUTOR

idealizador e administrador do site, da Revista e da página Literatortura; blogueiro por escolha própria e escritor por escolha própria também - já que nunca acreditou muito no conceito de destino. No momento, revisando o primeiro livro e tentando solidificar este incrível projeto literário/cultural que é o Literatortura.

Comentários

  1. K disse:

    Que engraçado, pra um blog que dá o Prêmio Piegão, esse post é incrivelmente piegas. Primeiro que ela não se matou. O mundo é duro, e se você não der seu máximo para se adaptar você vai sofrer. É o contexto cultural que a gente vive e está muito além desse desejo de bondade e justiça bobinho de quem escreveu o post. Se não fosse na internet, offline mesmo, essa menina mais dia menos dia sofreria preconceito ou viraria vítima de piadas. Ela sentiu uma pequena parte da maneira que a sociedade se comporta, e isso não é bom nem ruim, apenas é. Agora ela passou por um trauma, mas logo logo isso vai ajudar a construir uma outra Julia Gabriele. Perca 15 minutos no banheiro com uma gilete. Improvement, profit. E a internet sempre funcionou assim, a base de zuar coisas vergonhosas, e você discordando ou concordando, de novo, apenas é. Mas eu entendo esse sentimentalismo de todo mundo. Isso no fim acaba mostrando que você é uma pessoa melhor, com qualidades morais melhores. Ou seja, por defendê-la você já está ganhando pontos e se sobressaindo no grande jogo de adaptação que é o mundo

    1. Mel disse:

      “E a internet sempre funcionou assim, a base de zuar coisas vergonhosas,” e “Ou seja, por defendê-la você já está ganhando pontos ”

      tá na hora de VOCE TENTAR somar pontos pra ser uma pessoa melhor. que tal? deixa de falar merda.

    2. Wanessa disse:

      “O contexto cultural que a gente vive e está muito além desse desejo de bondade e justiça bobinho de quem escreveu o post.” você diz isso até o dia em que VOCÊ sofrer bullying e implorar por ‘bondade e justiça bobinhos’.

    3. SUPOSTO disse:

      palhaçada a verdade é q vcs n estao nm ai ela n é nd de vcs vcs so querem apareçer andar com a massa o mundo é ridiculo e vcs sao mais

    4. KSSF disse:

      concordo com Mel..estamos na selva? onde Pessoas mais fortes(ADULTOS), são predadores dos fracos(CRIANÇAS)..isso se chama falta de serviço e ignorância…pessoas como essas que gostam de ficar difamando outras, sao pessoas vazias que sofrem muito na vida, pessoas que nao tem afeto, pessoas carentes e suprem isso fazendo esse tipo de coisa, sao pessoas pobres de alma.. Só lamento por pessoas assim.. ; )

    5. Henrique disse:

      Não liguem para o K, ele está apenas tentando ganhar pontos para se sobressair no grande jogo de adaptação =p. No caso, querendo passar a agradável imagem de um entendido, praticamente um filósofo, do comportamento da nossa sociedade.

    6. Carlos Eduardo disse:

      “E a internet sempre funcionou assim, a base de zuar coisas vergonhosas,”. Meu deus, eu entendi bem?! vc está falando que a menina é algo vergonhoso na sociedade? cara depois dessa é melhor vc apagar seu post cara, o fim da picada mesmo, são pessoas como vc que se nao existicem o mundo seria bem melhor. E outra vc falou em ser uma nova julia gabriela, meu filho com essa pressão psicológica q ela esta tendo a nova julia gabriela pode ser algo ruim, uma pessoa revoltada e cruél.

    7. Concordo em partes, “K”. Mas seu discurso, embora elaborado, me dá a impressão de que o mundo tem de ser cruel.

      Tem mesmo?

      Não acompanho essas piadas de humor negro sobre fatos e pessoas, seja lá em quais circunstâncias, simplesmente porque não me interesso. Parei e li a postagem acima por alguma razão.

      Nesse texto, que, por um lado concordo com você, “K”, me parece piegas mesmo, mas há uma verdade ali. Sobre a culpa.

      E sobre esse ponto é que me volto a seu discurso.

      Os piadistas são os melhores críticos? Reside neles o melhor julgamento desse mundo cão?

      Tenho visitado algumas (friso bem aqui: ALGUMAS) comunidades no Orkut, onde a molecada se sente na DeepWeb. Insultos, justificativa pra todo aquele humor, julgamentos, necessidade de ver sangue… Bem, esse é um dos lados da moeda, que hoje em dia parece ter mais de dois.

      Hoje, a cultura não é da aparência. É a do superior. Parece um ciclo e talvez seja mesmo.

      Ou seja.

      Não estamos evoluindo porra nenhuma.

    8. Val M. disse:

      Filosofia de banheiro público.

    9. Jeferson disse:

      E o seu comentário é o que se encontra dentro da privada do mesmo banheiro…

    10. Jeferson disse:

      Desculpe, Val. Não vi que seu comentário era a respeito do comentario do K. foi mal…

    11. literatortura disse:

      K, acho que você não leu o post. Ou, se leu, ignorou-o completamente. Assim, a minha resposta está lá em cima. Sugiro que leia mais uma vez e, dessa vez, entenda.

      Aliás, você citar o piegão mostra que você é do tipo de pessoa que só quer falar e não ouvir.

    12. Wesley Prado disse:

      “Perca 15 minutos no banheiro com uma gilete. Improvement, profit.”
      Então, se zoam da menina por causa da sobrancelha dela, a solução é tirar e pronto?
      E se ela fosse gordinha, por exemplo, e fosse zoada por causa disso, a solução seria o que? Uma lipo? Alguma dieta esquizofrênica?
      Então a culpa é dela, afinal de contas?

      Cara, achou feio o visual dela, o problema é SEU, não da menina.

    13. K disse:

      Querido K, você já deu seu máximo para se adaptar hoje? Perca 15 minutos no banheiro, leve com você o prestobarba, faça o que lhe vier a cabeça.
      Você com essa sua cabecinha fraca mais dia menos dia sofreria uma reviravolta, só não posso dizer que isso seja um preconceito. Alguma pequena parte da sociedade acha essa sua cabecinha muito mais vergonhosa do que a sobrancelha da menina. Mas isso apenas é. Logo você se tornará um outro garoto, especialmente depois que você “der” o seu máximo.

    14. Ivan disse:

      HAHAHA esse cara leu Pondé demais…. e acreditou!… meus pêsames a você Ksão!

    15. Ana disse:

      Uau que comentário profundo –´, é uma coisa tu falaste correto a sociedade é assim mesmo besta e nós fazemos parte dessas bestas, mas estes post apenas nos levam a ver que as pessoas tem uma coisa chamada sentimentos, é que eu acho que á muitos que se esquecem de existência de tal coisa, muitos agressores ao entender as dores da suas vitimas param com o acto de violência por isso se publicam este tipo de coisas…e nós não nascemos para agradar ao mudo, façamos bem ou mal sempre vamos ser criticados vale então fazer aquilo que nós deixa feliz, e essa parte da gilete foi desnecessário acho que se esqueceram da parte que ela tem apenas 11 anos, este tipo de sofrimento só a fará crescer rápido, e magoada

    16. Bianca disse:

      MEU DEUS! De onde você tirou que bondade e justiça são bobinhos? Respeito é excencial, justiça é o mínimo que uma sociedade evoluída deve ter. Não importa se é virtual ou se é direto, o bullying é um ato inaceitável, principalmente quando se trata de uma criança que mal sabe lidar com os próprios sentimentos e desejos ainda, crianças não conseguem dar as costas para zoações, não conseguem ignorar e seguir em frente, mal os adultos conseguem, quem dirá alguem que não sabe nem ir a padaria sozinha ainda. Ninguem é obrigado aceitar o bullying só porque a sociedade é assim e ponto. Aliás, a sociedade só é assim (imbecil e hipócrita) por causa de pessoas como você, que pensam que atormentar a vida de uma criança só porque ela tem uns pelos a mais é normal, “nem certo, nem errado”, e que se ela quiser parar de ser atormentada, ela que se adapte a essa escrotice que se tornou o mundo. Nós precisamos de mais pessoas como a Julia, que apesar da sobrancelha, com certeza tem mais caráter que todos esses malditos Trolls juntos.

    17. Máq disse:

      Então ela basicamente tem que achar bom ser zuada pela estética dela, e se curvar ao padrão “normal” que os outros pregam, é isso mesmo?

    18. Jeferson disse:

      E você deve ser desses que assiste Panico na TV e acha o máximo e perde tempo com zuação na internet. Duvido que ja tenha movido um dedo pra passar uma mensagem agradavel a alguém. Ignorante. Ela pode sim raspar a sobrancelha, mas e se ela não quiser? Isso nao dá o direito de ninguém usar a imagem dela para ofende-la.

    19. Tamires disse:

      Seu comentário mostrou que você é apenas um ser humano que se adapta às mazelas da vida e não se impõe em busca de melhorias, porque sim, as coisas podem melhorar, só é saber um pouco de história para perceber que, mesmo ainda existindo milhares e gravíssimos problemas, muitas coisas evoluíram para melhor. É um fato que ela vai ter que aprender a lutar contra o mundo, mas isso não justifica certas crueldades.

    20. Renato disse:

      Sim, falou o cara que certamente nunca serviu ao exército, não paga salário de ninguem, nem a conta da própria Internet.

      Assim, do alto de seu troninho, fica muito fácil escolher quem deve viver ou morrer…

      Cara, não tenho boas notícias pra ti.

    21. Artur Barz disse:

      Não vejo o por que de estarem o condeanado tão severamente…

      “Ela sentiu uma pequena parte da maneira que a sociedade se comporta”, na escola, é possivel já compreender como a sociedade se comporta, compreender um pouco dos seus mecanismos, sendo ela produto da mesma. Compreender conceitos como hierarquia, formação de grupo, e ouço até falar em compreender como funciona a micro, ou macropoder, onde o poder não é necessariamente centralizado num poder central e formal, mas em poderes q se fundam pela influencia de alguns grupos.

      Eu não consigo simpatizar com este caso e muitos outros similares, sinto uma profunda indifirença. E devo considerar uma objeção ao seu argumento, K, que qndo ela “superar o episódio” vai ficar marcas profundas no seu subconsciente, e ela a nova Julia Gabriele não será necessariamente melhor. Talvez até consiga amigos que a respeitem e a tratem bem, mas ela talvez vá desenvolver alguma enfermidade devido a esses episódios tráumaticos.

    22. Diego Sanchez disse:

      HAHAHAHAHAHAH “a internet semrpe funcionou asim” Toma vergonha na cara moleque mo pirralho achando que sabe da internet ahahaha vai se criar

    23. SUPOSTO disse:

      a que se foda hj em dia td é crime na minha epoca a gnt fazia td tipo de zoa na escola e td mundo dava risada junto e td mundo era amigo me zoavam eu zoava e a gnt se divertia hj n pode fala mais nd se me perguntarem eu iria dizer q ela ia ter q passar uma gilete no meio da testa eu n sou hipocrita é o q eu axo pra q q eu vo dizer”que linda” se é mentira isso pode ser pior do que dizer”que feia” pq pelo menos eu vou estar dizendo o que eu axo isso é palhaçada a internet é livre as pessoas podem falar o que quirserem eu sou feio e sei disso por isso n coloco fts minhas ela devia pensar nisso antes de por uma ft dela coisas mais importantes que isso no mundo n agrada a tds o mundo é assim existe opiniao e opiniao e as pessoas devem aceitar

    24. Under disse:

      Mano , eu Zou meus AMIGOS e eles me zouam D+.Mas isso ganho proporções além do Circulo de Convívio de uma Sala de aula ou da Rua q ela mora.

    25. SUPOSTO disse:

      e a culpa é de qm?
      dos pais dela
      hj em dia n se pode encostar a mao nos filhos q o conselho bate na porta as cranças fazem o que querem da nisso

    26. Diego disse:

      Seu comentário foi a coisa mais sensata e verdadeira que eu li aqui, parabéns.

    27. SUPOSTO disse:

      ainda ha qm me critique
      e pra defender um “bullyng” kkkk
      foram me chamar de horrivel brasil é um pais hipocrita e sinico que nunca vai evoluir

    28. Amonique disse:

      Por essa (K) e outras pessoas do tipo, que existe esse “contexto cultural que a gente vive, que está muito além desse desejo de bondade e justiça bobinho”

    29. Paulo disse:

      Um comentário tão estúpido (faz tempo que não leio tanta merda de uma vez só) chega merecer um estudo sociológico. Será que essa filosofia de banheiro público é difusa entre essa geração de jovens “cools” e zoadores que se educaram assistindo Pânico e CQC?

    30. Henrique Denner disse:

      Concordo PLENAMENTE, K esta certo, Todo mundo ja foi zoado , isso é normal, no mundo é cheio disso mesmo, agora ela ta triste porque esta sendo zoada na internet??? kkk , tem que leva na esportiva, eu ia gostar, pq eu ficaria famoso no FB, pow se ela nao aguenta zoação , é melhor ela se matar mesmo , porque o MUNDO é cheio disso , Pode botar bastante leis, regras, é nato do ser humano quebra-las. Como os Politicos, eles roubam mais ninguem é preso , e gente tao morrendo de fome agr por causa desses roubos nos cofres publicos ,e voceis anda se preucupam como essa merdas. ela tem que aprender a viver como todo mundo.

    31. Luiza disse:

      Cara, concordo com o que você disse, o mundo é realmente cruel, porém você está se esquecendo de uma coisa muito importante, para uma sociedade funcionar deve haver respeito, e se não houver, existem penalidades para impor-lo. Portanto, se esta menina fosse alvo de piadas no “mundo real”, as pessoas que a desrespeitaram-na iriam sofrer as consequencias por estes atos. Outra coisa, pessoas como você, o lixo da sociedade, que não conseguem aceitar as pessoas e suas diferenças são as que sofrem mais e mais rapidamente, e se não for rápido é poque o tombo vai ser muito maior. E a internet funciona como um meio de as pessoas se expressarem, no entanto, principalmente nas redes socias, há regras que dizem que não podem ser publicado nenhum comentário preconceituoso ou ofensivo. Portanto, antes de expor suas opiniões preconceituosas e infundadas, se informe melhor sobre o assunto sobre o qual você está falando

    32. Carolina disse:

      A Julia é só uma das milhares de pessoas que passam por esse tipo de coisa, é verdade. Mas isso não anula o fato de que esse tipo de comportamento é inadmissível e imoral. Só porque o mundo é predominantemente hipócrita e venenoso não significa que eu não possa fazer nada pra melhorá-lo, afinal, eu vivo nele.
      Mil desculpas, mas no dia em que pararmos de nos comover e nos indignar com casos como esse, teremos nos transformado em máquinas.

    33. Gustavo disse:

      “A internet sempre funcionou assim”. Não, cara, na verdade é a sua cabeça oca que, talvez, tenha sempre funcionado assim. A internet não “funciona” de uma forma X, ela é apenas um meio. As pessoas que a usam é que “funcionam” ou “não funcionam” e, no seu caso, há claramente um problema de funcionamento na interpretação de conceitos básicos como “justiça”, “bondade”, etc, coisas que meninas de 11 anos como a Julia devem entender muito melhor.

    34. caco disse:

      entao voce sugere que nos adaptemos aos padroes do mundo? Legal. Por causa de gente que nem voce que o mundo eh essae caos todo que eh. Por causa de gente que se conforma, porque se conformar pra AGRADAR e nao sofrer criticas, bullying e vexames, e se adaptar eh muito mais facil que chocar, causa, revolucionar, ser diferente, mudar, ser original

    35. Alexandre disse:

      Que comentário estúpido. Não é assim que as coisas funcionam, amigo. Ela tem onze anos. Como se onze anos fosse uma idade pra ligar para a beleza! É uma idade pra ser feliz e você deve convir comigo que todos esses débeis mentais privaram a felicidade infantil dela só por causa da beleza. Aliás, nem por causa da beleza: Por causa de uma sombrancelha. Imagine: Passar um longo período da vida sofrendo maus tratos e sendo alvo de piadas por todos apenas por pelos faciais, que, aliás, não tem nada de errado em crianças. E nem em adultos também, para falar a verdade.
      Mas o pior de tudo foi o outro ”argumento” que você usou. ”Ah, a internet é assim mesmo. Fazer o que?”. Que pensamento conformista nojento. Se esse pensamento conformista de ”a sociedade é assim mesmo, nem adianta mudar” fosse comum a todas as pessoas, nunca teria sido abolida a escravidão. Aliás, ainda estaríamos queimando hereges nas fogueiras. Ou talvez vivendo em cavernas. Enfim…

    36. K2 disse:

      Conformismo e falta de senso histórico. Nada existe desde “sempre”, tampouco é definitivo.

    37. s disse:

      Deveriam fazer um post piegas sobre pessoas que projetam seus valores nos outros. Seu post é engraçado por parecer alguem que racionaliza ou seja, faz esse tipo de coisa. Não sei se isso tem haver com o mais forte, talvez com o mais covarde? Instinto de preservação, paterno e materno diz para proteger pessoas em situações de fragilidade. A humanidade não chegou longe por causa do egoísmo, pelo contrário.. O que acontece nesse caso é um bando de pessoas inseguras, fracas, que a única maneira de reconquistar alguma estima por si mesmo é através do bullying sistemático. A sociedade não se comporta assim, uma parte dela se comporta assim. E duyvido que faz a mínima idéia do porque e duvido muito que isso tem haver com adaptação. Isso tem haver com narcisimo e psicopatia, DSM pode ter dar alguma luz a respeito. Se são pessoas bem sucedidas é irrelevante, o estrago que causam faz pessoas se defenderem contra este tipo de comportamento. A maioria vive um vida instável, iguais a corvos explorando momentos de fragilidade alheia.. A necessidade de auto-afirmação entre narcisistas é irritante, grave e geralmente resulta em atitudades como vemos pela internet.. Está na hora de amadurecer não??? Ou é mais comodo ser babaca?

    38. Halley disse:

      Babaca ! ><

    39. Sandino disse:

      A questão rapaz é saber separar a forma de tratar um adulto de uma criança.
      Vídeos como o “para a nóssa alegria” ou “Bed intruder” fazem brincadeiras com adultos ou adolescentes que sabem lidar com uma brincadeira, diferente de uma criança de 11 anos.
      Não quero procurar briga, só quis falar a minha opinião
      ^^

  2. Géssica Lenne disse:

    Infelizmente existem bandos de capetas que não tem o que fazer, eles irão pagar, pois as consequências acontecem, a constituição federal nos defende também, porque não procurastes?? Isso dá cadeia!! A polícia Federal rapidinho iria descobrir quem é esse ou essa idiota!! ninguém nasceu para agradar ninguém, quem tem bigode, vive de bigode mesmo, quem é cabeluda fica cabeluda mesmo, ninguém deve nada a ninguém, se estiver achando ruim e feio, paga uma depilação a laser então uai!!! Crianças tem que viver do jeito que elas são!! Aproveitar a sua infância, porque só há uma vida, porque não aproveitar? Julia tem que ser feliz do jeito que ela é….Ela é apenas uma criança inocente, ……Junta problemas familiares, corre risco de causar transtornos psicológicos, como aconteceu! Só sei que se um neguinho, me contrair por qualquer meio simbólico, eu processo ele, está no código Penal….

  3. Lennie disse:

    Velho, tá todo mundo falando da menina da monocelha que sei lá o nome… Posso dizer algo muito legal: VÃO SE FODEREM, GALERE!
    Essa história de que a menina se matou é tudo putagem.
    Enquanto outras pessoas dizem: “O que se passa na cabeça dessa sociedade hipócrita?” eu me pergunto: “O QUE SE PASSA NA CABEÇA DOS PAIS LESADOS DE DEIXAR UMA GAROTA DESSA IDADE FAZER ESSE TIPO DE COISA?” Porra, quando eu tinha 11 anos, criança não tinha celular, criança não tinha que ficar futricando em rede social, computador para criança era jogar joguinho… Mas que merda esses moralistas pensam que estão fazendo?
    Não é culpa de quem zuou, nem de quem defendeu, mas é filha da putagem todo mundo ficar se xingando por causa da menina… Se matar porque a menina foi zoada é o mesmo que amar um cara que nem sabe que tu existe… É SÓ PERDA DE TEMPO.
    ENTÃO TOMEM VERGONHA NAS SUAS CARAS VIADÕES, A MERDA JÁ FOI FEITA, AGORA PAREM DE DIZER QUE A MENINA É LINDA PORQUE NÃO É, E NEM QUE A MENINA É FEIA PORQUE EU SEI QUE VOCÊS TEM UMA CARA DE BUNDA PIOR QUE A DELA, SEUS FILHOS DA PUTA…
    SATISFEITOS?
    E depois reclamam conosco por serem explosivos, mas olha a merda que uma criança causa…
    A culpa total não é de ninguém, mas sim, dividida por um e para cada um, inclusive para a própria menina.
    Cara, quando eu era criança me chamavam de Ronaldinho Gaúcho, até hoje me chamam de Slash/Marty Friedman… NEM POR ISSO EU MORRI, CARALHO
    SE ELA TINHA IDADE PARA FICAR NO FACEBOOK, PORQUE NÃO TINHA IDADE PARA TIRAR A SOMBRANCELHA? OU NO MÍNIMO FAZER UM PHOTOSHOP NÉ? U_U’

    1. Gabriela disse:

      “SE ELA TINHA IDADE PARA FICAR NO FACEBOOK, PORQUE NÃO TINHA IDADE PARA TIRAR A SOMBRANCELHA?”

      Qual julgamento você usou para fazer essa comparação???????? Você só pode estar sem argumento nenhum para dizer uma estupidez vazia dessas. O que é que tem no facebook que uma menina de 11 anos não pode ver?
      É engraçado quando caem matando em cima de crianças precoces que se maquiam e querem se vestir como adultas, aí quando uma criança permanece criança, com sobrancelha de criança, mandam ela depilar. Mesmo se ela tivesse idade, a decisão é dela, é o rosto dela.

    2. Lennie disse:

      Como eu deveria prever, moralistas mal comidas vão brotar da terra para stalkear minha opinião.
      Gabriela, HUMOR NEGRO É QUE NEM NAMORADO/ PEITO/ PERNA/ CABELO, NEM TODO MUNDO TEM, E PELO VISTO VOCÊ TAMBÉM NÃO!
      Isso é questão de opinião, cada um tem a sua, respeite a minha.
      Aliás, tirar a sombrancelha não é como usar maquiagem e roupa de gente adulta, mas sim, uma questão de “higiene”… Tirar a sombrancelha é uma coisa, se maquiar é outra. Nem eu me maquio como alguém da minha idade deveria. Mas se você é ignorante a ponto de escrever uma bobagem dessa e encarar dessa forma, aprenda que a sociedade onde vivemos é selvagem e cruel, as pessoas são assim… AGORA, VOCÊ PREFERE SE ADAPTAR A SOCIEDADE OU QUE ELA SE ADAPTE A VOCÊ? Pois bem… Sinto muito, mas a sociedade vai te condenar por isso…

    3. Elisa disse:

      Desculpa, eu jurei pra mim mesma que não ia bater de frente, mas não deu. Espera aí, senhor caps lock, me corrija caso esteja errada, mas desde quando tirar a sobrancelha é questão de higiene? Quer dizer que a Frida Kahlo, então devia ser muito suja, só porque rejeitou os padrões?
      Não, meu caro amigo, não vou me adaptar à sociedade nos quesitos os quais não me aprazem.

    4. Caro(a) Lennie disse:

      Caro (a) Lennie…

      Acredito que nas suas fotos do facebook tenha muito fotoshop, já que você vê isso como um requisição tão grande para estar no facebook.

      O que a menina fez de tão libertino para merecer tanta chacota? Estava no facebook, com uma sobrancelha grande??

      E nesse sentido que você tenta atribuir alguma responsabilidade a menina e aos pais da menina pelo acontecido??

      E de alguma forma, ameniza a responsabilidade de quem tem acredita estar no direito de fazer chacota, transformar a vida alheia em um inferno.

      Vê -se que a ditadura do padrão de beleza faz muitas vítimas entre as pessoas que não raciocinam. Com todo esse pedantismo em relação a uma sobrancelha, você só pode ser uma delas.

      É por essas e outras que eu acho que esse critério de idade para acesso a internet não tem nada a ver. Tanta gente com idade mental tão mais atrasada falando merda na rede.

    5. Lu_ud disse:

      Tirar a sobrancelha é coisa de HIGIENE??? Porque voce nao raspa a sua entao? Mas raspa TODA, nao deixa nenhuma, porque esse bando de pelo encima dos olhos é coisa de gente suja. ¬¬
      Coerencia manda um beijo.

      Se a menina é feia ou bonita, O PROBLEMA É DELA, quem é voce pra passar julgamento moral e estetica em quem quer que seja, especialmente numa CRIANCA de 11 anos? Blablabla a sociedade é cruel. A sociedade, meu caro, somos eu e voce. Eu nao sou cruel, entao imagino que o problema seja seu.

    6. karol disse:

      this

    7. Paola Magalhães disse:

      Higiene? Me explique como tirar a S-O-B-R-A-N-C-E-L-H-A é um ato de higiene, por favor.
      Algumas pessoas precisam é de higiene mental.

    8. Luan disse:

      Se tirar a sobrancelha´é questão de higiene, então creio que o cabelo seria a mesma coisa.

      Atenção mulheres, favor, cortar o cabelo no 2, só questão de higiene.

    9. Jeferson disse:

      “AGORA, VOCÊ PREFERE SE ADAPTAR A SOCIEDADE OU QUE ELA SE ADAPTE A VOCÊ?”

      kkkkkkkkkkkk. Quer dizer que agora eu também tenho que nascer de novo pra ver se venho hetero e a sociedade para de me perseguir. A sociedade tem o direito de me perseguir,de perseguir mulher, gordo, gay, peludo, pobre. Ah, por favor, vai fazer algo de util em vez de ficar assistindo Panico na TV.

    10. M disse:

      Lennie, nós temos sobrancelhas para proteger os nossos olhos, não pra ser bonito. Tirar as sobrancelhas não tem nada a ver com higiene e sim com saúde! E além do mais, vai cuidar da sua sobrancelha e deixa a criança em paz, já que você gosta de se encaixar nos padrões. –‘

    11. da5vi disse:

      “no meu tempo”… cara, acorda pra vida! 1999 já acabou. as coisas mudaram. na porra do seu tempo, não tinha rede social. tinha internet discada, e NO MÁXIMO fotolog. -_-‘

    12. Leia aqui Lennie disse:

      Pelo seu linguajar e falta de perspectiva, você deve ter uns 15, 16 aninhos… Pois bem, quando você amadurecer sua cabecinha, vai entender um pouco melhor (espero) sobre as pessoas e principalmente sobre como é o crescimento da criança dentro do meio em que ela vive. Mas enfim, é algo que você só entenderá quando deixar de ser uma criança também… Só tente não ser mais tão ignorante em seus comentários, ok? Pois o silêncio também pode ser uma benção. Abraços.

    13. Ana disse:

      Ela não é linda por ter uma monosobracelha? Sim porque as sobrancelhas de fato faz uma pessoa por completo, e é incrível como fala parece que a culpa é toda dela. Bem a cena é primeiro ela é bonita sim, pelo menos eu não acho que aqueles pelos a tornem num mostro, mas isso sou eu, segundo á idade dela ninguém faz depilação, porque costuma ser algo doloroso e a pessoa costuma esperar pelos seus 15 anos, terceiro se ela não vive incomodada com aquilo não sei porque um bando de pessoas sem amor próprio a vem zoar, e quarto,as redes sociais o que mais tem de errado é que nos levam a um mundo demasiado grande, ser uma criança e ver se humilhada por tantas pessoas não é algo fácil, e para aqueles que dizem que ela é idiota por se sentir mal e por ai…essas pessoas deviam entender que não sentimos todos do mesmo modo, 65% da população adolescente se suicida por ser vitima de bullying então em vez de se colocarem a defender atacantes ponha se no lugar da vitima, ou então no lugar daquelas pessoas que sofrem e depois entra numa escola matando um monte de pessoas, não é justo, mas por suas palavras e do K a vida não é justa e fique na fila para a sociedade dizer o quanto está certo ser igual a todo o mundo ;)

    14. Jeferson disse:

      Mas é um ignorante esse Lennie. Quanta merda saindo do mesmo animal.

  4. G disse:

    TEM GENTE QUE COMENTA AQUI, PARA SE AMOSTRAR MESMO VIU? PORQUE TEM CADA OPINIÃO, AFFZZZ, ESSE TAL DE LENNIE, QUERENDO FAZER DE VÍTIMA TAMBÉM,AFFZZZ, VC NÃO COMPREENDE É NADA MESMO!!!!

    1. Lennie disse:

      Isso é liberdade de expressão… VOCÊ POSTA SUA OPINIÃO NUM SITE E VEM UM BANDO FALAR MERDA…
      OPINIÃO É PESSOAL, NÃO QUER DIZER QUE VOCÊ TEM DE CONCORDAR COM A MINHA E EU COM A SUA, SÓ QUER DIZER QUE TU TEM DE DEIXAR DE SER FILHO DA PUTA E RESPEITAR, OKAY?

    2. Lu_ud disse:

      Se voce quer respeito, que tal comecar por respeitar os outros? Engracado que liberdade de expressao so se for a sua, porque a opiniao dos outros é merda de filho da puta, ne?

    3. Lennie disse:

      Não ligo de você ter uma opinião a respeito da minha opinião… Pois bem, a minha opinião é que você é um filho da puta ^^

    4. Lu_ud disse:

      Palmas pra sua maturidade heim, digno de, sei la, 9 anos? Diz agora que sou feia e gorda e chata. Aproveita e mostra a lingua, vai fazer seu argumento TAO mais racional…

    5. um amigo disse:

      Só to dando um conselho de amigo, pessoalmente não fale assim com as pessoas, pois se falasse assim comigo juro que eu ia arrancar seu couro. Mas aqui na net e anonimamente vc pode dar uma de “macho” que xinga sem qualquer retorno

    6. missrepresented disse:

      FDP? kkkkkkk rasgou… perdeu a razão playboy

    7. orlandão disse:

      Em momento algum deixou de ser uma questão de opinião. Apenas acontece que a opinião da maioria é de que você é burro. Basta aceitar isso e seguir com a vida. Boa sorte, garotão.

  5. Leeh disse:

    O mais triste são os varios comentarios aqui, de que isso é natural, que tem que zuar mesmo e ela que se dane. Acho que uma criança de 11 anos ainda não tem consciencia de que a vida é cheia de desafios, e sim, todo mundo ja foi zuado por algum motivo, mas não com tamanha proporção. Li em um dos comentarios “Oq se passa na cabeça dos pais pra deixar ela fazer uma coisa dessas?” Mas ela só estava fazendo oq todo mundo faz, usando seu facebook, postando fotos. Os pais não deveriam deixar ela postar foto? Por favor.
    Achei mt legal vc ter escrito algo sobre esse assunto.

    1. Ana disse:

      Eu posso estar errada mas um pai devia proteger o mais que pode um filho, crianças não deviam postar fotos no faceboock não, por actos inconscientes de jovens que os vem zuar mas sim, porque a imagem podem ser copiada e com ela podem fazer montagens ou qualquer pedófilo a pode ver, eu acho que hoje em dia se dá demasiada informação pessoal ao mundo e isso não é necessário, porque estamos a dar mais importância a quem não conhecemos aqueles que estão do nosso lado.

  6. Fernanda disse:

    essa desculpa que face no era para crianças,como isso justificasse alguma coisa….

  7. Matheus disse:

    Humanidade fétida e escrota, cada vez se superando nas babaquices, quem são vocês pra julgar alguém?Quem dita os padrões de beleza?bando de verme inutil, seria tudo perfeito se existisse respeito mas é raridade hoje em dia.

    1. Ana disse:

      É hoje em dia a palavra respeito evacuou, mas este tipo de agressão existe desde sempre a diferença é que hoje em dia são bem mais faladas.

  8. Pessoal, pessoal.

    Estamos gastando dedos com gente que propaga a “maldita inclusão digital”.

    O velho clubinho cibernético onde o que conta é a capacidade de dizer não o que se pensa, mas o que sabe que vai chocar.

    Liberdade de expressão pra essa gente é facilmente confundida com a necessidade de falar merda.

    É como aquele moleque que se destaca na sala de aula por “causar” com a diferença de que faz isso atrás de uma máscara e um teclado.

  9. Renato Dantas' disse:

    Gustavo, boa tarde, a questão é sim absolutamente pertinente, só sugiro, com todo respeito que desfoque o rosto da menina porque, boato ou não, é visível que ela é menor, portanto se for verdade será uma dor a mais para os pais, se for mentira será uma dor a mais para a menina e a família. Apenas essa sugestão, ainda mais porque a maioria das informações não são confirmadas e está muito no campo da especulação, então meu caro, evite a “fadiga jurídica”. Reforço que a questão deve ser discutida e é sim relevante. parabéns.

  10. Akane disse:

    Olha, não vou dizer que isso não é horrível, é horrível sim. Mas vamos ser francos: é exatamente o tipo de comportamento que se espera da sociedade – o que torna muito curioso os pais não terem tentado prevenir, embora isso não os torne culpados. Aliás, eu duvido que as pessoas que estejam postando aqui a favor do autor desse post, e o próprio, não compartilhem da mesmíssima raiz desse comportamento: existe um padrão de beleza e ninguém diz, mas ele deve ser seguido sob o risco de ser posto à parte da sociedade, porque você deve ao menos tentar alcançá-lo. Quer dizer, agora que ela tem 11 anos é cruel, mas se tivesse 15, as mesmas pessoas estariam fazendo piada à respeito… “Uma mulher com pelos, onde já se viu? É preciso ter o mínimo de vaidade, será que não vê como isso é feio?” E coisas do tipo. O que não significa que não seja lamentável, e que possa ser mais cruel pra uma criança de do que pra uma adolescente, mas não se deve esperar que as pessoas, ainda mais quando podem agir anonimamente, poupem alguém apenas por sua idade, quando, faço questão de frisar, a quebra desse padrão de beleza é algo largamente difundido e aceitado como perfeitamente normal e saudável – o que me faz pensar que quem condenaria/rejeitaria a adolescente mas defende a criança está sendo um tanto quanto hipócrita.

    1. Ana disse:

      Não se deve esperar que as pessoas se respeitem? Quem defende a criança é hipócrita? Porqe? Porque é obrigado a aceitar um padrão de beleza que joga até crianças numa fogueira de vaidades?
      Eu não concordo com esse padrão de beleza. Eu espero que as pessoas se respeitem. Eu defendo essa menina.
      Porque se não pudermos fazer nem essas coisas, o que sobra?

    2. Ana disse:

      Cada um tem o seu modo de ser, somos bobos a dar tanta importância a opiniões alheias isso sim, porque quem gosta de nós gosta de verdade e não por mais ou menos pelos, nós temos esse defeito, que não nos diz nada de bonito tem sempre mais razão do que aqueles que nos amam…apenas á apenas coisas que não devíamos dar importância cada um é como é, gosta do que gosta e não tem que seguir nenhum tipo de linha, só se vive uma vez para se acreditar em tal asneira, quem não gosta é simples não olha, e se olhar e falar, é porque pensa de fato que não tem defeitos que tem que mudar, porque uma coisa é sobrancelha que se tira, mas á coisas de nós detestáveis que não se arrancam.

    3. Akane disse:

      De fato, Ana. Mas esse simplesmente não é o comportamento típico nem em adultos nem em crianças: por mais que o ideal seja que as pessoas se respeitem, não acho que seja possível negar que não é isso que ocorre com mais frequência. Tanto que me parece inconcebível pensar que os pais dessa menina não pensaram jamais que isso poderia acontecer – e tendo pensado, ele deveriam ou tê-la preparado, ou a feito ajustar-se, ou a protegido na medida do possível dentro de uma bolha isolante; aparentemente não fizeram nada, então eu retifico o que disse: uma parcela da culpa é deles sim.

      E se você não aceita esse comportamento E não concorda com esse padrão, se acha um comportamento inaceitável tanto com crianças quanto com adolescentes e adultos, então você não é hipócrita. Mas caso pense que a menina deveria ser poupada de uma zombaria cabível a pessoas mais velhas, isso é hipócrita sim, porque é mais ou menos como decidir adiar em alguns anos o mesmo sofrimento (amenizado, talvez, mas talvez não), o que faz ainda menos sentido se considerarmos que devemos proteger as crianças, mas não passar a elas uma imagem falsa do que é o mundo.

  11. Gusthavo disse:

    Gustavo Magnani, eu não concordo que a garota deva sofrer bullying por causa disso,alias ninguém deveria.
    Mas infelizmente esse mundo é cruel e na internet é pior ainda porque você pode obter o anonimato quando exibe alguma opinião.
    O ponto que eu quero chegar é: Se os pais dessa garota sabem que sobrancelha junta não é um critério bem aceito pela sociedade,porque não incentivaram ela à “fazer”, afim de evitar a humilhação?
    Infelizmente o mundo que vivemos hoje é assim, não quero cair na hipocrisia mas quando eu acessava sites que não eram pra minha idade(como o Orkut,quando era pra 18 anos somente) eu sabia das consequências disso, se ela acessou o facebook sem ter a idade permitida ela também tem a consciência disso,já que tem um termo de uso de todo tamanho que exprime “a idade mínima pra entrar no facebook é de 13 anos”.

    1. Lu_ud disse:

      Talvez porque os pais estejam tentando ensinar pra ela que ela nao precisa seguir padroes impostos por quem quer que seja pra ser feliz. Talvez porque os pais a amem do jeito que é, e tenham dado a ela o controle sobre seu proprio corpo (o horror!) e o direito de amar a si mesma. Talvez eles tenham conviccoes religiosas ou pessoais contra a depilacao (porque é isso que é) de uma menina de 11 anos. Talvez eles achassem a sobrancelha dela bonita.

      Um mundo de talvezes. Mas sabe o que nao é talvez, o que é fato? Nao cabe a NINGUEM dizer o que outra pessoa deve ou nao fazer com o corpo dela. Se o cyberbullying tivesse acontecido aos 15 anos, aos 20 anos, aos 40 anos, seria absurdo a mesma forma. Mas ao menos teria dado a chance da menina ter mais maturidade pra entender o que estava acontecendo, ao inves de atacar um ser humano na fase em que ele esta mais fragil, a passagem da infancia pra vida adulta.

      Hipocrisia é colocar a culpa da violencia no violentado. Dizer que “o mundo é assim” nao muda nada. O “mundo” somos todos nos, e nao um ser amorfo desconhecido alheio a nossa existencia. E sinto muito, mas o meu mundo nao é “assim” coisa nenhuma.

    2. CR! disse:

      Lu_ud, cadê a linha embaixo do seu comentário pra eu assinar?

      *clap, clap, clap*

    3. Gusthavo disse:

      Sua concepção sobre o mundo é realmente linda,mas infelizmente não é assim que tudo funciona.
      A sociedade impoe padrões de beleza(todos sabemos disso), e claro, ninguém é obrigado a seguir os padrões,porém caso não siga, as pessoas sofrerão as consequências da sociedade que não aceita essa mudança.
      Não estou falando de forma alguma que ela deva sofrer ou que deve se render aos padrões, o que estou dizendo é que quem vai contra a maré tende a sofrer por causa disso,uns mais,outros menos.

    4. Nani disse:

      “Lu_ud, cadê a linha embaixo do seu comentário pra eu assinar?” [2]

      =)

    5. Ana disse:

      Nenhum pai pode proteger os filhos da vida, entrar no face ou não, sim acho que se deve vigiar porque não é o sitio mais seguro do mundo…mas os pais dessa menina não a podem colocar numa bolha sem vida; e ela não tem que seguir nenhum padrão ela é assim e se ela decidir retirar os pelos ela o fara, conheço tantas pessoas criticadas, ate eu mesmo pelo meu modo de vestir, e eu digo apenas não es tu que tens que gostar sou eu e é a realidade, eu tenho que me sentir bem comigo mesma, pessoas são criticas de qualquer modo, mesmo que se seja uma gata loira de olhos azuis, que tenha um bom sentido de humor e que seja feliz, vai se sempre achar algo para apontar, porque as pessoas não tem mais nada que fazer a não ser furar alguém de defeitos

    6. Diego Sanchez disse:

      AH SIM porque se ela tivesse 13 em vez de 11 ia ser uma cosai toda diferente … alias se voce sabe que a sociedade nao e la muito por homossexualismo melhor voce virar hetero , nao curte cableo pixaim e melhor alisar , nao gosta de muhler sem bunda , porra nefia um silicone nessa merda. Broder voce esta dizendo que os pais delas tem que ensiar ela a se conformar ? nem acho uma boa

  12. Rodrigo Clemente disse:

    É realmente muito cruel esse tipo de deboche com uma criança de apenas 11 anos.

    Mas eu acredito que a culpa é realmente dos pais sim, o facebook por ser uma rede social, expõe qualquer pessoa que o use, me parece que ela ainda é muito jovem e não está pronta para se defender das críticas injustas da sociedade, pois com 11 anos uma pessoa não tem personalidade totalmente formada para não se abalar com esse tipo de crueldade. Cabe aos pais proteger os filhos até que estes estejam aptos para encarar o mundo com todas as adversidades apresentadas por ele.

  13. Bruna disse:

    Criança? Pera lá! Nessa idade qq criatura já sabe bastante coisa, dentre elas, VAIDADE!
    Concordo que chegou uma hr que já não aguentava mais ver os comentários nas redes sociais, mas todo esse sensacionalismo? Ah vá plantar batatas, acho que houve exagero de ambos lados. De pessoal que ficou zoando o dia inteiro, e de quem escreveu esse artigo.
    Não acredito que a mãe, possa ter chorado, pois ela sim seria criança. Pelo fato de ser mãe e ter uma certa maturidade, faria um BO no calor dos acontecimentos ou falaria para a filha entrar na brincadeira e assumir sua sombrancelha.
    Acho que a criança de apenas 11 anos, repito 11 anos é outra pessoa.
    Obs: Não estou defendendo os supostos ‘agressores”, apesar expresso, aqui, a minha opinião.

    1. Natália disse:

      Cara, é sério que você acha exagero a mãe dela ter chorado? Sei lá, eu não desejo esse tipo de coisa a ninguém, mas se você tiver filhos ou parentes de pouca idade, imagine isso acontecendo com eles. É muito sofrimento sim. A galera não fez piadinhas leves do tipo “faça a sobrancelha”. Foram piadas fortes, ofendendo a menina MESMO. Vi gente mandando a garota colocar um saco de pão na cabeça. Não é falta de maturidade a mãe dela chorar, falta de maturidade é um marmanjo de 25 anos sentar atrás de uma cadeira e achar que tem direito de julgar uma CRIANÇA porque ela tem pelos a mais em seu rosto.

    2. Bruna disse:

      Sim, acho exagero do mesmo jeito que tem gente que acredita que a mãe dela realmente chorou.
      Por algum acaso vc NUNCA, nunquinha, julgou ningu´é? Isso é da natureza do ser humano, nem que seja em pensamento mas vc já alguém sim!

    3. Ana disse:

      Ai está tu achas exagero mas nós temos essa coisa de não ser todos iguais, ela tem o seu modo de sentir pequenas palavras as vezes magoam muito, são maneiras de lidar com situações, e a mãe ter chorando penso que nenhuma mãe goste de ver a filha ser tão criticada e ser levada a tanta dor, é uma criança verdade muitas delas nessa idade já sabem de mais, mas isso não lhe tira os 11 anos e a ignorância da vida, sabe algumas coisas mas não sabera tudo nem lidar com tudo

    4. Bruna disse:

      Justamente pelo fato de não sermos iguais, ela deveria entender (juntamente com a mãe) que algumas pessoa a achariam estranha!
      Levada a tanta dor, é meio exagero!
      Tem mta coisa pior acontecendo nesse país, e o povo com a bunda na cadeira sem fazer nd!
      Aposto que se fosse pra ela ganhar indenização um milhão iria para as ruas fazer manisfetação com plaquinhas, agr pra tirar o safado do Renan Calheiros do governo ngm faz!
      é sancionalismo demais pra “briguinha besta”, manisfestação pela saúde, educação, govern sério ngm faz, agora se revoltar contra o que houve, pode?
      Hipócritas (Leia no plural msm, falei para todos e não somente para vc)

    5. Ana disse:

      Pois mas a cena é os problemas do mundo não faz com que aquilo que nós sentimos fique mais pequeno, dor é dor tenhamos um bom ou mau governo, nós vivemos também para nós.

    6. Bruna disse:

      Ana, vc quer discutir tanto e nem sabe escrever… faça-me um favor!

      Pois a cena são os problemas do mundo (Problemas está no plural, então o correto é “são”)
      Mais pequeno não existe, o correto é menor.

    7. Carolina disse:

      Se você não sabe protestar e se indignar contra casos individuais como os dessa menina, certamente não saberá se manifestar a respeito da política corrupta do país.

    8. Bruna disse:

      Justamente Carolina, escreveu tudo que eu queria ler.
      São casos individuais, quer mudar o mundo agora? Ninguém vai conseguir, acho que são muitas pessoas pra mudar…. Então vai lá paga um psicologo pra ela, e continua gastanto 8 meses de serviço só pra imposto!

  14. Elisa disse:

    Não adianta nem comentar que, por si só, o fato de a garota possuir alguns pelos a mais entre suas sobrancelhas é irrelevante na vida de qualquer cidadão, ainda mais que isso já foi muito bem discutido no post. Em resposta à enorme criatividade de certos indivíduos em achar mais desculpas para fazer reclamações, a questão não é de quem se trata, se é verdade, se a garota faz ideia de que eu estou comentando.
    Eu sei, falar assim é extremamente batido e me dói o coração não pensar em um modo melhor (e mais compacto) de me explicar. A questão não é “superar”, não ligar, é a impressão que isso deixa no caráter de qualquer um que passe por situação semelhante, me corrija se estiver errada, mas o post foi escrito, também, de uma maneira a se referir à massa de casos semelhantes que ocorrem. Não que eu tenha um diploma e propriedade pra falar, claro que não, sou mais um grão de areia. No entanto, a coisa que mais me causa desconforto é que a razão do ocorrido é puramente uma coerção social, um “dito”, de que o indivíduo é inferior apenas por uma diferença estética (opcional ou não), sabe, muito racista pensa da mesma maneira e isso é tido como crime.
    Também não seria um caso exclusivo de homicídio social, e não apoio a ideia de que o indivíduo seja “fraco” caso deseje a própria morte, mas para e pensa como é difícil encontrar alguém que tenha passado por algo semelhante, ou até pior, e que não tenha tido nenhum tipo de “reposta”, se é que me entendem. É muito complicado dissertar sobre esse tipo de assunto, sendo que existem tantos argumentos, não da pra não parecer mais um falando a mesma marmelada em um comentário feito em menos de meia hora, mas, pelo menos, acho que deu pra entender meu ponto de vista.

  15. Nicole disse:

    Desprezível alguns comentários.

  16. Natália disse:

    Essa galera defendendo os “zuões” porque a menina de 11 anos tinha uma página no Facebook se esqueceu que entrou no Orkut mais ou menos na mesma época, né? Eu entrei no Orkut com 12 anos e todos, absolutamente TODOS os meus colegas de escola possuíam um perfil no site. O mesmo se dá no Facebook.
    Quando era criança e criava um perfil numa rede social, minha mãe inspecionava tudo o que eu fazia para verificar se eu não estava visitando comunidades impróprias ou botando em risco a minha reputação ou a de minha família, o que me faz pensar: se algo do gênero tivesse ocorrido comigo, a culpa seria de minha mãe? NÃO!
    A sociedade atingiu um ponto em que os valores são invertidos de acordo com as suas conveniências. Se por hora a culpa é dela, por hora é dos mais, mas nunca, em hipótese alguma da criatura DESUMANA que hostilizou uma CRIANÇA.
    Concordo plenamente com o autor do post quando este afirma que o problema não é o bullying em si, mas a crueldade de manterem a postura grotesca diante dos apelos sofridos de uma menina, uma criança.
    O mal do mundo são os excessos, as pessoas perderam a noção da hora de parar.

    1. “O mal do mundo são os excessos, as pessoas perderam a noção da hora de parar.”

      Masterblaster.

    2. Comentário mais sensato até o momento… Concordo plenamente.
      “O mal do mundo são os excessos, as pessoas perderam a noção da hora de parar.”

  17. Amanda Hepp disse:

    Parabéns pela postagem, foi a melhor que vi sobre esse assunto até agora. É ótimo ver ainda há homens que pensam com o cérebro e não com o pinto.

  18. Alexandre disse:

    Acho rídiculo sim,comentários ofensivos a garota,ela só tem 11 anos.
    E também culpo os pais dela SIM,se ela tem ou não noção de “beleza”,porque os pais não cuidam?
    E como se deixasse a menina maltratada.
    E acho ridículo esse sensacionalismo de certos blogs e moralistas pra ganhar seguidores.

  19. Alexandre disse:

    Acho rídiculo sim,comentários ofensivos a garota,ela só tem 11 anos.
    E também culpo os pais dela SIM,se ela tem ou não noção de “beleza”,porque os pais não cuidam?
    E como se deixasse a menina maltratada.
    Acho ridículo esse sensacionalismo de certos blogs e moralistas pra ganhar seguidores.

    1. Thalita disse:

      Pois Alexandre, ridículo é você achar que existe somente um padrão de beleza. Beleza é completamente relativo, eu por exemplo, acho a Julia linda, maravilhosa. E ela me parece muitíssimo bem tratada e feliz, está saudável, o cabelo brilhante os dentes fortes. Você deveria pensar mais antes de falar asneiras seu feio.

  20. Rafa disse:

    Um dos perfis que incentivava isso era o “Crata” um satira ao funkeiro Catra.
    Fica aí uma ajuda para investigarem.

    https://www.facebook.com/MisterCrata?fref=ts

  21. beto disse:

    quem nunca riu de uma piada idiota do rafinha bastos ou danilo gentile que atire a primeira pedra no que o K escreveu…

  22. Ana disse:

    Eu fui vitima de várias piadinhas… Eu era gordinha, desajeitada e “corcunda” imagine o número de apelidos que não surgem disto. Posso dizer que passaram dos limites inúmeras vezes… Morria de vergonha de contar para meus pais e chorava escondido no quarto quase toda noite. Foi então que me afundei de vez em livros… Não era capaz de mudar o que eles faziam, nem de realmente ignorar então me afundava nas leituras. Quando finalmente tomei coragem e contei pra minha mãe ela me disse para ignorar, que era bom não estar nos padrões porque aprenderia a conseguir o que quisesse pelo meu esforço e não porque era “bonita”.
    Sei que o meu caso e o da Júlia são diferentes, mas acho (na minha humilde e ignorante opinião) que faltou um pouco de estabilidade, de firmeza emocional aos pais dela e isso aumentou de tamanho tudo o que aconteceu.

    1. Paola Magalhães disse:

      O mesmo comigo, Ana… A questão é que eu nunca falei pros meus pais, mas acabei descobrindo isso por mim mesma. Concordo contigo plenamente.

    2. Amy disse:

      O mesmo acontecia comigo, eu sofria pq tinha coxas grossas com apenas 12 anos, eu usava óculos e tirava as maiores notas na minha turma. Sempre fui excluída. Hoje ainda sinto que isso ocorre, não consigo arrumar um emprego e já estou desempregada ha mais de um ano. Nada me tira da cabeça que é pq sou gorda.

  23. Isa disse:

    Essa necessidade de expor os outros a situações humilhantes não passa da mais pura manifestação de INSEGURANÇA e necessidade de autoafirmação. Esse discursozinho barato de que a sociedade é cruel é mais uma máscara desses molecotes que não têm competência para simplesmente aparecer fazendo algo que seja útil. Quem se garante não quer, não precisa e não tem nem tempo pra isso.

  24. Daniela disse:

    Gostaria que todas as pessoas pegassem suas fotos com 11 anos antes de falar dela… É a pior fase 11/12 anos, pois tá tudo acontecendo com seu corpo e vc não tem noção do que fazer com isso… Infelizmente, o ser humano é mau e narcisista, ofende os outros antes de comprar um espelho… Triste.

  25. Vendo essas maravilhas de “lutadores da liberdade de expressão” deixando suas pérolas do pensamento, me ocorreu uma coisa.

    Será que essas pessoas além das que postaram aqui, tais como o Lennie e o K, conseguiriam, que vivem nessa sociedade brutal, se expressarem tão bem publicamente?

    Será que esses indivíduos tão esclarecidos da natureza humana teriam essa mesma expressividade neste mundo cruel? Quando eu digo mundo cruel, me refiro a REALIDADE? Aqui fora?. Na rua?

    Será que esses prodígios da internet seriam capazes de procurar, digamos, um pedreiro, aquele que construiu sua bela morada e, baseando-se no arquétipo fisiológico que eles propagam como aceitáveis, lhes dizer na cara que se parecem com macacos neanderthais, que não deviam ter saído de sua área geográfica desfavorecida, infestando nossa bela urbanidade com seus filhos ramelentos, que na idéia desses prodígios, são gerados aos montes, logo depois que o Fantástico ou a novela acaba… E por aí vai..?

    Seriam, vocês prodígios e guardiões da “liberdade de expressão”, capazes de dizerem tudo isso e muito mais que nessa mente brilhante ocorre na cara de qualquer um PESSOALMENTE, que essas pessoas não configuram em sua adaptação de seu universo?

    Seriam?

    Foi o que eu pensei.

    1. Isa disse:

      Exatamente

    2. Carolina disse:

      Michael, te reverenciei agora.

  26. Henrique disse:

    Lamentável!
    Os crimes começam nesses pequenos atos, e é por isso (infelizmente) que cada dia que passa eu tenho menos esperança nesse país.
    Começa de baixo, e chega em cima, nos grande políticos e representantes. Esse é o povo que reclama de governo, que reclama de cultura, mas que “mata” uma criança de apenas 11 anos. O que será dessa garota? Como será a vida dela depois disso? Espero muito que ela consiga esquecer essa história, que um dia possa rir desse acontecimento, embora eu realmente ache que a marca que ficou possa ser pior do que um ferimento real.

  27. g disse:

    Uai Lennie cadê o respeito? ou vc tem problemas psicologicos também?

  28. mariana disse:

    pois é, vivemos num mundo onde aparecia é mais importante q o carate.

  29. Margarida disse:

    Problema é que o ser humano é muito pouco humano, e não conhece a palavra respeito. Eu prefiro pessoas diferentes do que tudo igual, porque quando todos tem a mesma opinião alguém não está a pensar, mas a sociedade apenas atira pedras ao que é diferente para ficar do lado da maioria, por não ter capacidade de ter opinião própria quantos que escreveram ” ela devia raspara mesmo” não falou isso só para não se sentir só? Sim, porque assim está a ser cruel mas está inserido no grupo, a maioria das pessoas que gozam umas com as outras é porque precisa do sofrimento do outros para viver, não é algo lógico mas essa pessoa também não está bem…enfim o mundo se virou de pernas para o ar, mas isto sempre aconteceu mas a situação é que a Internet a expõem a demasiadas pessoas, e para um adulto já é difícil então uma criança ter que levar com zoação tão grande torna se insuportável para ela, eu gostava que essas pessoas que sofrem de bullying vissem que não estão sós e que existe uma solução, e que eles não são errados, alias ela não tem nada de errado, e ela tira sobrancelhas quando quiser, as pessoas em vez de irem para a Internet fazer mal ao outros deviam sim meter se na sua vida.

  30. Paola Magalhães disse:

    EU penso o seguinte:
    1. Criança é criança. Facebook não é coisa pra criança. deixar um filho se expor aos perigos que uma rede social oferece é, no mínimo, negligência. Com certeza essa menina passaria por isso fora da internet, mas em proporções MUITO menores. De qualquer forma, falo de coisas mais graves.
    2. Sim, a culpa é dos pais. Não dos pais da menina, mas dos pais dessas crianças estúpidas (e adultos estúpidos) que não souberam dar educação e passar bons valores aos filhos. Infelizmente, isso é um ciclo vicioso.
    3. Nenhuma “zoação” é saudável ou suportável. A pessoa que passa por isso pode até fingir que não se importa, mas é certo que em algum momento isso vai pesar…

  31. Sophia disse:

    Eu passei por isso, mas a dela foi bem pior, acho ridiculo essas pessoas que so sabem fazer piadas dos outros e nao olham pro seu umbigo… a garota era linda, foda-se o resto, a vida era dela, o rosto era dela, e ela faz o que quizer, nao tinha que ficar um bando de gente que nao faz nada azucrinar uma pessoa dessa, uma criança :(

  32. Nicole disse:

    E todo mundo esquece o principal: quem disse que não pode ter pêlos a mais? Que o ‘bonito’ é um rosto liso como todos estão acostumados? A sociedade. Porque a sociedade diz que pessoas bonitas são pessoas magras, altas e corpo sensual… Então sinto muito, mas toda essa discussão de quem está certo ou errado é inútil, nem deveria existir. Só acho que deveriam deixar a menina em paz, se ela gosta ou não do jeito que ela é, cabe a ela decidir. E convenhamos, o que acrescenta na vida tirar sarro do que é diferente? Infelizmente existem pessoas assim no mundo e pessoas inocentes como essa menina acabam pagando pela escrotidão da sociedade.

    1. Paola Magalhães disse:

      Eu te respondo essa pergunta, Nicole. Acrescenta uma faisquinha de confiança e poder aos que o fazem. Provavelmente eles sofrem gozação também, mas por pessoas mais importantes, como os pais. Aí, pra sentir um pouco menos de insegurança eles se protegem em um perfil do facebook e agridem assim como são agredidos… Ou pior, existem aqueles que, apesar de nunca terem sofrido agressão nenhuma, foram ensinados a agredir, aprenderam a sentir prazer fazendo alguém sofrer

    2. Nicole disse:

      Pois é, Paola! Eu concordo com você e acho triste. Por isso que falo da sociedade em si, se as pessoas (ou melhor, uma parte das pessoas) não fossem ensinadas assim, ou passassem por isso a ponto de precisar fazer igual pra se sentir melhor, esse tipo de coisa não seria tão frequente.

  33. Estou desapontada com a ignorância, falta de conhecimento e sabedoria das pessoas. Se apavorarem com o tamanho das sombrancelhas de uma menina, por favor! Vocês vivem num mundo feito de Photoshop. Vão andar um pouco pelas ruas, vão viajar um pouco. Nem todo mundo tem cabelos dourados. Ter pêlos é uma característica humana.
    “Ah, é só depilar. “Tirando a depilação à laser(que nem todo pobre tem acesso), as depilações não eliminam definitivamente . E o meu caso, que tenho hirsutismo(excesso de pêlos) devido à síndrome do ovário policístico, os pêlos crescem mais rápido do gue geralmente cresce.
    Chega de ignorância e falta de respeito ao próximo!

  34. Larissa Gomes disse:

    Sinceramente essas pessoas são pessoas idiotas , pessoas indescentes , pessoas sem coração a menina tem apenas 11 anos de idade , é como todos nós fazemos queria postar a sua foto do dia ! . Querendo se sentir alegre querendo curtidas e elogios ! E vem essas pessoas sem ideias e fazem isso com ela , sinceramente essas pessoas tinham que criar uma vergonha nessa cara porque eu acho que vergonha na cara e uma única coisa que eles não tem ! Eu simplismente , faria tudo para levar esses idiotas ae pro fundo do poço , ao fundo do buraco . Essa Criança , essa menina , e LINDA ! Unica coisa feia que tem e a mente desses idiiotas ! VOCE E LINDA ..

  35. slimboy disse:

    Agora uma pessoa e obrigada a perder 15 minutos no banheiro ser lindo pra poder ter um facebook ? ela nao e obrigada a ser uma modelo fraco e um pessoa que zoa uma criança por pelo…na moral curto alguns tipos de humor pesado desde que nao ultrapasse o limite de exposição de uma pessoa que nem sabe porque ta sendo zoada pior de tudo quem faz isso tem a mesma idade ou e um cavalo masoquista que acha que e engraçado e que outro babaca achou engraçado porque nao foi com ele

  36. Puding disse:

    Ai milha filha, também tenho uma taturana em cima dos olhos, e ao invez de ficar de mimi por ai, eu faço elas, retiro e pronto. Não leva nem 30 minutos.

  37. sf disse:

    bacana

    agr sim entendi abs

  38. Reeve disse:

  39. anderson disse:

    na boa quando alguem me chinga na intetrnet eu simplesmente fecho a pagina, praque ficar lendo se vc pode simplesmente fechar e n ler

  40. Ingrid disse:

    Primeiramente, parabenizo pela matéria que ficou muito boa. Segundo: concordo plenamente com você. Muitos pensam que bullying é uma coisa normal, que pode acontecer na vida de qualquer mas, esse caso me deixou chocada pelo fato de que: São páginas de humor traumatizando uma criança de ONZE ANOS!!! Meu Deus, onde esse mundo parou? Bullying não é brincadeira, ele fere psicologicamente uma pessoa e quem está se ferindo com isso é a própria menina (o que pode acontecer com ela depois que esse episódio acabar? Que traumas ela vai levar?)…
    Mas, eu vi também pessoas de bem e que existe esperança no mundo. Estava procurando a Julia pelo facebook quando eu me deparo com isso: https://www.facebook.com/pages/Julia-Gabriele-Deus-Est%C3%A1-Contigo/390486337703087?fref=ts. Uma página para aqueles que estão apoiando essa menina.

    Ps: Sobre o possível suicídio da Julia, eu procurei nesse site e parece que eram boatos:
    http://www.estimulanet.com/2013/03/o-que-aconteceu-com-julia-gabriele.html#axzz2Oh9NwPdR

  41. Anonimo disse:

    Não li todos os comentários, mas aos desinformados só queria dizer que a idade mínima para criar uma conta no facebook é de 13 anos*

    Hoje em dia praticamente tudo – o que for de alcance geral – vem com uma classificação indicativa. Pode ser um filme, uma novela ou um desenho. Se os pais deixam de fiscalizar as atitudes e/ou os vícios dos filhos não temos nada com isso. Porém, essa criança viu um pouco do mundo real. Agora ela sabe que não deveria está ali, sabe que nem tudo é um mar de rosas. Existem pessoas boas e pessoas más. Não estamos em um filme, isto não é uma utopia de um mundo perfeito. Estão dando liberdade demais às crianças. Ela deveria está – já que pelo visto gosta de internet – em sites educativos, vendo algum desenho ou estudando.

    Ps: Esse perfil do twitter com o nome da garota já revelou que é falso, (sim, a própria pessoa que gerencia esse perfil postou).

    *https://www.facebook.com/help/210644045634222/

  42. Aline disse:

    É aquela coisa, a menina é linda e o problema (se é que pode ser chamado assim)pode ser facilmente resolvido. Já o caráter de quem zoa e humilha compartilhando coisas desse tipo, não.

  43. Enca Santos disse:

    Uma menina de 11 anos não deve se preocupar com padrões de beleza impostos pela sociedade. Todo mundo posta fotos na internet. Ela simplesmente postou a dela. O que há de mal nisso? Zoar uma criança por causa da sobrancelha??? Me poupem… Mandar raspar??? Por que? As pessoas deviam se olhar no espelho antes de criticar a aparência dos outros… Afff… Quanta ignorância…

  44. Paulo disse:

    Porque essa menina não faz a porrada sobrancelha e acaba com essa merda. O coisa ridícula, faz a sobrancelha posta outra foto e acaba com isso já está ficando inconveniente.

    1. ANONIMA disse:

      Ainda que ela tire a sobrancelha,faça uma plástica e mude de rosto, as cicatrizes q ficaram no coração dela não se acabarão fácil…
      O melhor seria que a sociedade medíocre aprendesse a respeitar os limites e o espaço de cada cidadão, e embora que a menina seja menor de 13 anos ela tem o mesmo direito,como cidadã, de ser respeitada seja lá onde for…

  45. Nilson disse:

    Vocês são uns demonios Deus tenha misericordia de quem acha que ela deveria mudar pela imposição dos outros meu Deus mundo cruel.

  46. Lorenzo disse:

    O perfil do twiter é FAKE, ou seja, toda essa matéria nao tem nenhuma base.
    A unica coisa que se sabe sobre essa historia é que um monte de gente compartilhou a foto do perfil da menina (ela permitiu que estranhos compartilhassem as suas fotos) zoando ela e que depois que ela percebeu isso ela desativou a sua conta do facebook. SÓ ISSO. a gente nao sabe se ela gostou ou nao da brincadeira, a gente nao sabe se ela realmente ficou triste etc… todas essas informacoes vieram de um twiter FALSO. foram quase 7.000 pessoas que compartilharam a foto dela… eu nao sou nenhum desinformado que ta palpitando sem saber, eu estou acompanhando essa historia desde o inicio ( eu vi as primeiras postagens sobre a menina nas paginas de humor negro, e sim, eu tambem zoei ela) e ate agora nao tem absolutamente NADA que prove que a menina nao gostou da brincadeira…
    tem varios desinformados ai dando opnioes superficiais sobre uma historia FALSA.
    O erro dela foi ter permitido que estranhos compartilhassem as suas fotos… talvez se ela tivesse mais de 13 anos ( idade minima para o uso do facebook) ela teria lido os termos de uso e as recomendacoes de privacidade.
    a partir do momento que voce cria uma conta em uma rede social e permite que outras pessoas visualizem as suas fotos, voce esta permitindo que elas deem sua opniao.
    depois do acontecido a menina nao se manifestou de forma alguma, entao nao sabemos se ela esta insatisfeita com a brincadeira ou nao. ela ter excuido a sua conta pode ser um sinal de insatisfacao… mas enquanto ela nao falar, nao saberemos…
    aos moralistas: vao se foder! zuei memo e zoaria de novo. vai saber se ela gostou e esta rindo em casa, enquanto um bando de moralistas desinformados tentam ”defende-la” baseados em falsas informacoes…

    1. Marcos disse:

      Ah, ela deve ter adorado.
      Questão de bom senso.

  47. Thayna Leonel disse:

    A sobrancelha dela é medonha….muita enfase para um assuntinho fútil …zoação sempre existiu…..da proxima vez ela pensa antes de colocar a foto da monocelha dela na net…….A mae deve ser outra perturbada em nao se tocar que aquela sobrancelha da menina ja tava fora da normalidade!!!

    1. Bruna disse:

      boa!

  48. Priscila disse:

    Fiquei indignada com o que aconteceu, criei uma pg de apoio a ela:

    https://www.facebook.com/EuApoioJuliaGabriele?fref=ts

    1. Bruna disse:

      Manifestação na porta do congresso pro Renan Calheiros sair do Governo vc não quer né?

  49. Marcelo disse:

    Cada dia que passa vejo mais e mais pessoas acessando a internet e achando que tudo que se coloca aqui é verdadeiro, isso aqui é pura enganação, um monte de gente ignorante querendo bancar intelectual e moralista, são os primeiro a serem pegos por postagens falsas e até com vírus, Ninguem é obrigado a acessar a internet e achar que tudo ta errado, não gostou ? desliga o computador e vai ler um livro ou praticar esportes, na verdade mesmo todo mundo quer é criar polemica, O que me faz rir e muito e ver os comentários das pessoas em postagens falsas.

    1. Bruna disse:

      Concordo!

  50. Daniela disse:

    Na minha opinião eu creio que todos temos consciência do bullying e suas consequências, e a partir do momento em que você expõe suas fotos em uma rede social esta se sujeitando a sofrer qualquer desrespeito partido de pessoas de má índole, ou seja, claro ela não tem tanta noção ainda de como as pessoas são nas redes sociais, pois como foi citado ela tem apenas 11 anos, porém é isso eu creio que em partes a família tem uma culpa sim, pois em um mundo onde a estética é tão “fundamental” eles acabam, querendo ou não tendo consciência de que se exposta ela sofreria bullying, como creio que ela sofria no colégio e na rodinha de colegas também, pois já fui criança e sei como funciona, então eles deveriam tentar ao menos protege-la, ou ao menos orientá-la, quanto a matéria, não adianta o mundo é cruel, sempre foi assim e sempre será.

  51. Gabi disse:

    Acho isso uma coisa muito desumana, crianças de 11 anos não deveriam estar passando por situações assim. E daí que ela tem pelos no rosto? Quem não tem? Já fizeram piadas comigo por causa da pelos no rosto, bigodinho e sobrancelhas quando tinha mais ou menos a idade dela, nunca quis fazer sobrancelha (e não faço até hoje) porque dói pra caramba, e tinha vergonha de falar com meus pais sobre isso. Fiz minha sobrancelha de uns tempos pra cá e decidi que não quero fazer mais, e que se dane a opinião dos outros. Se alguém me zoar, eu ignoro, mas eu não tenho 11 anos. Qualquer tipo de zuação quado uma pessoa tem 11 anos é quase o fim do mundo para ela, principalmente quando os pais também ficam tristes por isso. Muita gente diz que “já passou por coisa pior” mas cada um é cada um e uma coisa que pode ser boba para mim, pode ser uma bomba para os outros. Eu não sou você e não penso como você, então as coisas são bem diferentes na minha cabeça, mas as pessoas não entendem isso.

    O mais triste é ver gente aqui mesmo no literatortura dizendo que ela devia ter dado um jeito na sobrancelha dela e etc. E se a menina não quisesse? Agora somos todos obrigados a fazer a sobrancelha? Ela só tem onze anos, idade de se preocupar em brincar e não com a maldita aparencia dela. Esse povo não se toca –‘

  52. Kleberson ZO disse:

    - que isso pessoal voc’s estão vendo o que estão escrevendo..aah dana-se ella, aah tem que sofrer pelo menos é assim que eu entendii…
    – se fosse a irmã de voc’s..se coloquem no lugar dos pais, da familia, voc”s provavelmente jah perderam amigos ou até parentes, sabe que
    – dói neh ? então pronto, éa msm coisa só que bullying, é pior do que perder um parente se coloquem no lugar pessoal, voc’s ñ tem consciencia nenhuma………Thayna leonel: A sobrancelha dela é medonha….muita enfase para um assuntinho fútil …zoação sempre existiu
    – tu é maluca cara racionaliza mina…voc tem defeitos tbm fiia…….a poha da sombrancelha tem nada haver o baguii desse blog é tentar mostrar o lado da menina e da familia, e tentar fazer com que todos se concientizam disso..fico gratoo e choro por ela ea familia esse BLOG AKI é show gosteii manow tmj…..

  53. Lucas Fersa disse:

    Quem já sofreu com brincadeiras não deveria usar a frase “eu já sofri nem por isso me matei“, isso é simplesmente idiota.
    E concordo plenamente, independente de ser verdadeiro ou fake, falar que ela deveria raspar a sobrancelha pra que parassem seria dizer que a gorda tem que emagrecer, fazer lipo ou ser anorexica, já o gay tem que fazer uma cirurgia nas cordas vocais, apanhar ou namorar com uma garota. Como disseram a “simples solução“ de raspar abre possibilidade para outras soluções nem tão simples assim.
    Totalmente pessoal o que irei dizer, mas considero um idiota quem vai até o perfil de alguém que não conhece e compartilha uma foto para “diversão “

  54. Tamires disse:

    Eu não sei nem o que falar dessas pessoas que acham que a menina tem que a todo custo se adaptar a superficialidade da sociedade. Um dos grandes problemas do mundo é que a maioria dos seres humanos se adaptam, se acomodam aos fúteis esteriótipos, não conseguem ter personalidade o suficiente pra se posicionar e evoluir como ser humano. Temo por essas pessoas ocas… Que permaneçam na ignorância, pq se um dia saírem dela vão perceber o quão pobres são e talvez seja tarde demais pra recuperar o tempo perdido.

  55. SepulturaKreator disse:

    ”Aliás, dizer que o facebook não é para criança me parece uma posição absurdamente radical. Onde estamos? Em uma selva, onde não há gente civilizada? O facebook é um antro de animais sedentos por carne nova?”

    Pois é exatamente isso, infelizmente… tem muita gente podre nas redes e o menor deslize que vc venha a dar, então vc está fo****

  56. Jacy disse:

    O pior é que a menina é linda….seria/será uma adolescente e uma adulta linda. Mas porque tem uma sobrancelha não aceitável para os padrões sociais, ela é zoada…

    …realmente, isso sempre aconteceu desde que o mundo é mundo, mas com as redes sociais, tudo toma uma proporção muito maior, difícil de conter. Então ninguém pode dizer algo tipo “já passei por isso…” ou “no meu tempo…” porque as coisas são completamente diferentes hoje em dia. Fica a lição pros pais e educadores aprenderem a lidar com isso. E pra gente enquanto sociedade, quem sabe, aprender o limite do bom senso em rede.

    1. Henrique Pinto disse:

      O mundo é duro sim, infelizmente, mas não sejamos conformistas ou complacentes com as coisas erradas que acontecem nele, eu acredito na bondade do ser humano e atitudes de repudio como essas são mudanças que devem acontecer e a repressão a aos bullyngs deve ser algo totalmente praticado.

  57. Daniel Aguilar Silva disse:

    O mundo é duro, e se você não der seu máximo para se adaptar você vai sofrer. É o contexto cultural que a gente vive e está muito além desse desejo de bondade e justiça bobinho de quem escreveu o post. Se não fosse na internet, offline mesmo, essa menina mais dia menos dia sofreria preconceito ou viraria vítima de piadas. Ela sentiu uma pequena parte da maneira que a sociedade se comporta, e isso não é bom nem ruim, apenas é. Agora ela passou por um trauma, mas logo logo isso vai ajudar a construir uma outra Julia Gabriele. Perca 15 minutos no banheiro com uma gilete. Improvement, profit. E a internet sempre funcionou assim, a base de zuar coisas vergonhosas, e você discordando ou concordando, de novo, apenas é. Mas eu entendo esse sentimentalismo de todo mundo. Isso no fim acaba mostrando que você é uma pessoa melhor, com qualidades morais melhores. Ou seja, por defendê-la você já está ganhando pontos e se sobressaindo no grande jogo de adaptação que é o mundo

    ao K diretamente é a minha postagem!
    cara eu sinto uma enorme vergonha de vc! Sinceridade! Com o seu comentário ridículo e principalmente a sua pessoa! Sim o mundo é duro mais não é motivo para fazer isso com uma pessoa! ainda mais com uma criança q nem começou a vida ainda! q não sabe se defender indefesa q só sabe pedir para as pessoas pararem… vc fala q o mundo é assim e quem nao se adaptar vai sofrer, mas aqui eu te digo ela vai sofrer por causa de pessoas COMO VC! pessoas frias sem educação COMO VC! no seu comentario vc diz assim só perder 15 minutos do tempo no banheiro com uma gilete… cara na moral pq vc não vai pro banheiro perca 15 minutos do seu tempo pega a gilete e não corta sua garganta?! VSF menina nessa idade tem q estar brincando de boneca nao se maquiando cuidando da blz ou coisa do tipo! nada vai justificar oq fizeram com ela… fizeram pq são pessoas ruins q só querem zuar! pensam q compartilhar uma zoação no face só fica entre amigos e não! a coisa acaba tomando uma outra proporção! uma coisa é certa esse mundo é assim pq não se tem mais educação! a educação agente aprende no berço e na escola! pena q a minoria q leva ela a serio!

  58. vanessa rosa disse:

    hoje em dia as meninas de 11 anos, estão cada vez mais evoluídas. que para mim, se torna uma atitude ridícula. Admiro as pessoas que obedecem seu tempo de evolução, assim serão mais felizes enquanto muitas gurias assanhadas já estão sendo mães com menos de 13 anos.Crianças vulgares, hoje infelizmente isso se tornou a nossa realidade…

  59. Fernanda disse:

    Se algum de vocês já assistiu o filme “phenomena” vão reparar que jennifer conelly, que hoje é uma das mulheres mais lindas do mundo, tem a chamada mono selha, como, convenhamos, metade da população brasileira tem. Torturar uma menina por causa disso é ridículo e você não é melhor do que ela por que você tem uma pinça e faz a sua.

  60. Victor Cavalcanti disse:

    Em meio a tanta sensatez e até mesmo estupidez de alguns comentários, devo, também, deixar minha opinião e compartilhar histórias, fatos.

    Seja o perfil real ou não, o importante é o fato da história relatada no post abrir espaço para uma discussão sobre um tema cada vez mais presente na nossa sociedade: O Bullying.

    Os comentários acima mostram o tamanho do abismo existente entre os extremos da capacidade humana de pensar. A falta de maturidade e sensatez de alguns de comparar-se a garota e querer colocar a culpa nos pais dela e até mesmo nela evidenciam não só uma inversão de valores vivida pela sociedade atual, mas também o egoísmo por parte dos autores dos comentários e brincadeiras, pois foram incapazes de se colocar no lugar da garota. Virou legal ser chato e virou chato ser legal. A moda agora é fazer o errado, o limite deixou de existir. A partir do momento onde a garota pediu para a página retirar sua foto, a foto deveria ser removida pois, se ela realmente não estivesse assim tão incomodada, como diriam alguns por aqui, com certeza ela estaria bricando e zoando a si mesma, mas não, a brincadeira provavelmente a ofendeu e a maior prova disso está no fato dela ter apagado o facebook (não sei se reativou), provavelmente como forma de fugir daquilo.

    O ponto chave de alguns comentários é a falta de experiência e de visão de mundo de alguns. Tenho 16 anos e durante muito tempo sofri com brincadeiras pelo meu modo de andar e correr pelas pessoas do meu colégio. Apelidaram-me de apelidos perjorativos e no início foi realmente difícil lidar com aquilo, junto com o incomodo de ter um problema no joelho. Aliás, muitos sabiam o motivo de andar daquele jeito, mas não paravam. A diversão delas não estava em brincar de forma sadia, mas em ver, realmente, as pessoas se sentirem menosprezadas, pois assik elas poderiam se sentir maior em relação ao outro, naquele momento, impotente. Assim, chegamos a uma conclusão: o mal de muitos, hoje em dia, é só aprender quando o fato o atinge de alguma forma, pois só assim eles sentem o quanto aquilo incomoda. Direitos humanos e respeito foram esquecidos para serem moldados a forma de cada um e ai de quem não concordar, afinal, chegamos ao paradoxo de auerer ver nos outros nossos semelhantes e esquecer da individualidade de cada ser humano.

    O mundo não tem graça com um padrão único. A verdadeira essência e felicidade do ser humano está em ser ele mesmo, ser diferente de todos. Afinal, se todos nós vestirmos a mesma veste, chegaremos ao ponto de perder nossa originalidade, nossa razão de viver, pois não poderemos ser diferentes, deixar nossa marca e deixar ser marcados no coração dos outros e em nosso coração.

    E não, não é moralismo, é reconhecer no outro o nosso semelhante, nosso irmão de raça. Raça humana. Raça essa onde todos nós precisamos ser diferentes para, no fundo, sermos todos iguais.

    Termino aqui minha humilde e futil opinião dizendo sim ao respeito pelo próximo e não ao bullying.

    Saudações, o/.

  61. Fêmea Revoltada disse:

    Filosofia de banheiro público. ²

    Pessoas imbecis, idiotas, preconceituosas e alienadas.

    São pessoas COMO VOCÊ que acreditam em um “senso comum” em sociedade que precisa ser respeitado que fazem atrocidades como os estupros coletivos em países islâmicos, que mataram judeus, que queimaram pagãos, que deixam a África padecer em fome e doenças. PESSOAS COMO VOCÊ que acreditam que existem pessoas MELHORES do que outras e que o mundo é dos “fortes e soberanos” e que quem não se enquadra no padrão, ou é destruído ou se encaixa à força! PESSOAS COMO VOCÊ fazem transformam o mundo em um lugar cruel e excludente, onde todos, eu disse TODOS, deveríamos ter liberdade para sermos o que deveríamos ser e não o que uma maioria imbecil DIZ que você deve ser.

    Você é um idiota completo.

  62. Juliana disse:

    Eu não sei pq, mas tem alguma coisa que não está batendo direito nessa história… Não estou afirmando que isso seja uma mentira (que fique bem claro), mas, se tratando que a internet hoje é praticamente uma terra de ninguém, é de se questionar algumas coisas:

    – Cadê o site que começou com a “piada”? (porque, pra virar o assunto que virou, podemos partir do princípio que poderia ser um site com muitos acessos, que muita gente conhece).
    – Cadê os prints de tela?
    – Cadê os rostos das pessoas que fizeram isso com a menina?
    – Disseram que a menina havia se matado, agora, voltaram atrás e desmentiram esse boato – “foi um trote.”
    – Tá rolando na internet, mas não vi isso noticiado nos principais portais.

    Até agora, o que vi foi: uma notícia que virou o assunto do dia (bem sério por sinal), a foto de uma a menina que supostamente se chama Julia Gabriele, a mãe suposta dela em um perfil do Facebook, o perfil de um cara (que diz ser da família, mas em um tweet anterior esse parentesco parece ser algo bem distante) que já teve seus 15 minutos de fama dizendo, inclusive, no twitter que amanhã ela estará no programa da Fátima Bernardes (o mesmo que também disse que ela havia se matado, mas depois voltou atrás e disse que foi um “trote”, ué, famílias não trocam telefonemas?) e algumas telas printadas de alguns comentários por parte da menina desabafando num momento de desespero e humilhação!

    Eu gostaria realmente que essa história fosse uma mentira! Que uma menina de 11 anos não tivesse que passar por esses absurdos que muita gente sabe sim como se proteger aqui, mas que outros, infelizmente, não… E que, levantando TAMBÉM A POSSIBILIDADE de isso ser uma mentira (E pq não? Televisão não é muito diferente daqui. Big Brother não é combinado? Teste de Fidelidade? Affe… Jura que você acredita nisso?) vamos em breve, ter um outro assunto tão sério quanto esse então….

  63. Jack _|/_ disse:

    BANDO DE FALSOS MORALISTAS! FINGEM QUE REALMENTE SE IMPORTAM….
    VOCÊS SÓ SE IMPORTAM CONSIGO MESMO, TODOS SÃO ASSIM, PRINCIPALMENTE QUANDO SE TRATA DE UM DESCONHECIDO!
    CLARO QUE AS “BRINCADEIRAS” COM A MENINA FORAM INACEITÁVEIS E UMA VERDADEIRA BABAQUICE.
    MAS ELA REALMENTE PODERIA TER “RASPADO A SOBRANCELHA” OU PELO MENOS OS PAIS DELA PODERIAM FALAR SOBRE A MONOCELHA DELA, QUE SE FOD…. DE TODO JEITO UM BANDO DE IMBECIS FICARAM TIRANDO SARRO DA GURIA E ELA SÓ FEZ FICAR POPULAR E SENDO VISTA COMO UMA “COITADINHA”, AI APARECERAM ESSES FALSOS MORALISTAS DE MERD… ACHANDO QUE REALMENTE SE IMPORTAM E NA VERDADE SÓ QUEREM PARTICIPAR DO SHOW…..

  64. Raissa. disse:

    Gente, deixem esse assunto de ” que diabos uma menina de 11 anos faz numa rede social? ” pra outra hora
    A discussão aqui é outra

    Qe coisa mais ridícula isso tudo
    Tem gentezinha aí falando que a menina deveria fazer a sobrancelha e que assim ela ia parar de ser zoada
    Fazer a sobrancelha é o caralho
    Se ela gosta de sobrancelha assim, ela vai ter a sobrancelha assime pronto
    Como se ela fosse obrigada a seguir o padrão fodido dessa sociedade mais fodida ainda pq só assim não vai ser zoada
    Vocês tratam disso como se zoar fosse normal
    ” Se não quer ser zoada, faça as sobrancelhas” como se ELA tivesse que SE mudar por causa duns merdas que se acham no direito de zoar quem não é puta, ou quem não é bonita, ou quem é diferente desses lixos de gente
    Vocês todos que vão tomar no cu.

    E estou preocupada com essa menina pois ela não posta nada no twitter dela desde o dia 25 e tão falando por aí que ela se suicidou…
    Não adianta suicídio, isso não deixa os merdas com a conscicência pesada não
    Talvez o que adiante seja o caso daquele cara no Rio de Janeiro que saiu matando geral e depois se matou
    Vai ver assim esses filhos da puta aprendem a conviver com seres humanos.

  65. Ariel disse:

    Incrível!
    Não se pode mais ter uma opinião descente sem ser tachado como “falso moralista” ou “mal comido”, talvez a internet não seja tão livre quanto se pensa. O que mais me chocou aqui foram os comentários de que “isso é normal” “a sociedade é assim mesmo” “se não queria ser zoada que raspasse”, é de fato pimenta nos olhos dos outros é refresco mesmo, né?
    Então está tudo bem, vamos lá, vamos caçar defeitos nas demais pessoas, zoa-las até ficarem com problemas psicológicos ou cometerem suicídio e depois dizerem o quanto foram fracas por chegarem a esse ponto, sério mesmo que vocês querem se ajustar a isso?

    Quanto a menina, espero que o suicídio não passe de um boato e ela esteja viva, ela só tem 11 e ainda tem muitos momentos bons para viver, espero que ela e seus pais tenham em mente que os humilhados que se matem firmes, mesmo com os momentos em que só pensamos em desabar de vez, sempre serão exaltados.

  66. Matheus disse:

    A galera tem que saber diferenciar humor negro de babaquice. O humor negro está aí pra criticar os podres da sociedade de forma bem humorada. Esse tipo de fato que aconteceu com essa menina foi só mais uma tentativa desses “zoeiros” de facebook, em sua grande maioria, crianças estúpidas ou apenas adultos com merda na cabeça. Ok que o tipo de caso que aconteceu com essa criança se enquadra na categoria humor negro. O problema é que esse tipo de humor se popularizou nas redes sociais, e as pessoas não sabem como usá-lo. Acham que esse tipo de bulliyng pode ser praticado de forma desenfreada, simplesmente por se achar superior àquela pessoa a qual o bulliyng está sendo aplicado.
    Mas em contrapartida, há a não supervisão dos pais. Uma criança de 11 anos não era pra estar nesse tipo de ambiente, e se está, deveria ter a supervisão dos pais. Mas aí vem a pergunta: há algo errado em uma menina postar uma foto dela no seu perfil? A supervisão dos pais nesse caso adiantaria alguma coisa? É uma foto inocente. Ela não está nua, nem incitando nada que seja incomum pra idade dela, ela apenas tirou uma foto e postou. A culpa não foi dela, muito menos dos pais. A culpa é do filho da puta que se acha “zoão” e compartilhou a foto da menina como forma de chacota, e as outras pessoas que continuaram com a atrocidade. É só uma criança, precisava de tudo isso? Essas pessoas realmente se sentem mais engraçadas ou mais legais por fazerem isso? É algum tipo de ritual comportamental macabro pra ser aceito em algum tipo de grupinho babaca?
    Só ressaltando um fato aos imbecis que poderão vir e me chamar de falso moralista: adoro o humor negro, é uma ótima forma de criticar. Mas tem que ser usado com moderação. Zoar uma situação como forma de protesto é humor negro. Xingar e humilhar uma menina de 11 anos por não ser tão bonita aos olhos dessa sociedade babaca é idiotice. Não dói a esses “anti-falsos-moralistas” porque não tem a ver com eles. Todos tem uma fraqueza. Queria ver se a fraqueza de cada um que apelou com essa menina fosse exposta a todos pela internet. Aí veríamos os verdadeiros falsos moralistas.

  67. Matheus disse:

    A galera tem que saber diferenciar humor negro de babaquice. O humor negro está aí pra criticar os podres da sociedade de forma bem humorada. Esse tipo de fato que aconteceu com essa menina foi só mais uma tentativa desses “zoeiros” de facebook, em sua grande maioria, crianças estúpidas ou apenas adultos com merda na cabeça. Tudo bem que o tipo de caso que aconteceu com essa criança se enquadra na categoria humor negro. O problema é que esse tipo de humor se popularizou nas redes sociais, e as pessoas não sabem como usá-lo. Acham que esse tipo de bulliyng pode ser praticado de forma desenfreada, simplesmente por se achar superior àquela pessoa a qual o bulliyng está sendo aplicado.
    Mas em contrapartida, há a não supervisão dos pais. Uma criança de 11 anos não era pra estar nesse tipo de ambiente, e se está, deveria ter a supervisão dos pais. Mas aí vem a pergunta: há algo errado em uma menina postar uma foto dela no seu perfil? A supervisão dos pais nesse caso adiantaria alguma coisa? É uma foto inocente. Ela não está nua, nem incitando nada que seja incomum pra idade dela, ela apenas tirou uma foto e postou. A culpa não foi dela, muito menos dos pais. A culpa é do filho da puta que se acha “zoão” e compartilhou a foto da menina como forma de chacota, e as outras pessoas que continuaram com a atrocidade. É só uma criança, precisava de tudo isso? Essas pessoas realmente se sentem mais engraçadas ou mais legais por fazerem isso? É algum tipo de ritual comportamental macabro pra ser aceito em algum tipo de grupinho babaca?
    Só ressaltando um fato aos imbecis que poderão vir e me chamar de falso moralista: adoro o humor negro, é uma ótima forma de criticar. Mas tem que ser usado com moderação. Zoar uma situação como forma de protesto é humor negro. Xingar e humilhar uma menina de 11 anos por não ser tão bonita aos olhos dessa sociedade babaca é idiotice. Não dói a esses “anti-falsos-moralistas” porque não tem a ver com eles. Todos tem uma fraqueza. Queria ver se a fraqueza de cada um que apelou com essa menina fosse exposta a todos pela internet. Aí veríamos os verdadeiros falsos moralistas.

  68. Gabriela disse:

    Deprimente as pessoas acharem que só porque querem a menina devia tomar a decisão de fazer a sobrancelha. Se ela não quis, bem, ela é uma criança tem todo o direito de não se preocupar com isso. E se ela queria e os pais não deixavam, já vimos casos como esses…

  69. Cibele Souza disse:

    Ao LITERATORTURA, gostaria de acrescentar minha opinião sobre o artigo e o fato, espero que seja produtiva:

    Acredito que o artigo ficou um pouco “apelativo”, mas entendo perfeitamente que o objetivo era forçar o raciocínio e o entendimento destes que continuam achando que essa discriminação “não tem problema nenhum”, ou “é exagerada”, ou “bullying é besteira”, e outras coisas. Cada caso é um caso e individualmente deve ser analisado.
    O problema é que a grande maioria das pessoas esquecem de questionar o que realmente deve ser discutido: a falta de respeito; o apelo para beleza e estética (de uma CRIANÇA); a proporção que uma brincadeira “mal-pensada” e de extremíssimo mau gosto – pra não dizer outra coisa bem pior – pode causar; que se o facebook não deveria ser usado por crianças de 11 anos, também não deveria ser usado por “crianças” de 15, 20, 30 ou qualquer idade que seja, se não sabe usar a ferramenta com educação, bom senso e conduta.

    Lembrando que, devemos saber que LIBERDADE DE EXPRESSÃO deve ser BEM USADA. Liberdade de expressão NÃO SIGNIFICA que você pode falar/publicar tudo o que quiser ou bem entender por aí e achar que não sofrerá conseqüências, existe inclusive um artigo na nossa constituição a respeito disso.

    “A liberdade de expressão está garantida pelo texto constitucional brasileiro em seu artigo quinto, que abre o Capítulo I (“Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos”) do Título II da Carta Magna, intitulado “Dos Direitos e Garantias Fundamentais”. Aí estão reunidos, em diferentes incisos, os pontos mais relevantes para a necessária compreensão do seu conteúdo. Abaixo, alguns deles:
    IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
    Qual o limite da liberdade de expressão ?
    A resposta tem assento na supracitada Lei nº 5.250/97. Esta disciplina a responsabilidade civil daquele que no exercício da liberdade de manifestação de pensamento e de informação, com dolo ou culpa, viola direito, ou causa prejuízo a outrem , ficando obrigado a reparar os danos morais e materiais (art. 49).
    A mesma lei também dispõe sobre a responsabilidade penal daquele que comete abusos, constituindo, verbi gratia, crime de difamação imputar a alguém fato ofensivo à sua reputação e de injúria, ofender-lhe a dignidade ou decoro.”
    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Delito_de_opini%C3%A3o
    Não, não estou dizendo que é um caso para se apelar aos direitos constitucionais, é só um lembrete que seria interessante frisar para esses que “vomitam” suas opiniões de qualquer forma, sem embasamento, achando que isso é que o faz uma pessoa de personalidade!!!
    Existe também outro problema, o das pessoas que são tão “pró”, mas tão favoráveis à causa que elevam à outros questionamentos e apelam pra outras opções tão desnecessárias quanto a crítica, do tipo criar páginas na Internet “apoiando” a criança, ou apoiando o desenho de suas sobrancelhas, sei lá, é tudo tão confuso que não entendo o objetivo disso. Em umas dessas páginas, li algo do tipo “Enquanto vocês pedem para a Julia fazer a sobrancelha, vocês deveriam fazer o caráter”. Desculpe, não sei se sou exagerada demais. A intenção pode ser das melhores possíveis, o problema é que acaba causando exposição maior ainda da criança, aumentando a apelação sobre o assunto!

    Ah! Também devo dizer que, na minha interpretação dos fatos, o assunto foi grave sim, a criança deve ter sofrido sim, pois como eu disse em comentário anterior, crianças não sabem interpretar tais ofensas, entendem apenas como um ataque, sentem-se odiadas, e ela, ou qualquer pessoa de qualquer idade, tem o direito de sentir-se ofendida e não gostar, ou aceitar. PORÉM, acho exagerado acreditar que ela se suicidou, se isso tivesse acontecido, já teria uma repercussão nacional sobre o assunto, correto? Acredito que os pais tentaram apelar sentimentalmente aos piadistas para que parassem com a divulgação da imagem da menina, afinal era a ferramenta que lhes sobrou, e se a menina hoje não tiver mais a sua conta no facebook, certamente foi para poupá-la de tanta exposição.

    Em suma, posso estar errada em tudo o que mencionei acima, até porque, existe uma citação que diz (e concordo) “Tirando o vácuo e o átomo, o resto, tudo, são somente opiniões”, mas acredito que embasei tudo o que escrevi o máximo que meu conhecimento permite em torno de um mínimo bom senso, educação e respeito, e lendo a grande maioria dos comentários sobre o artigo e o caso.
    Infelizmente – e friso, enfatizo o infelizmente -, devido à esses comentários, acredito que vocês poderiam considerar a possibilidade de retirar o artigo, ou então até fazer mais um artigo, frisando a importância em saber usar a liberdade de expressão. O que acham?

    Entendam, por favor, isso NÃO É UMA CRÍTICA AO LITERATORTURA, muito pelo contrário, vou explicar o porquê da sugestão: penso que artigos “pró”, em defesa de algo, contribuem mais para o apelo do assunto, maximizam o fato muito mais que os artigos “contra”. Pois, normalmente, os que são “contra” perdem muito mais tempo tentando defender um argumento que ele “no fundo” sabe que está errado, mas para alimentar a necessidade de ser “inovador”, atacar o que eles chamam de “falsos moralistas” com opiniões vazias. Isso trava uma guerra de opiniões onde, normalmente, o bom senso perde por estar em número menor. Talvez isso tirasse os holofotes do assunto, e a criança finalmente pudesse ficar tranqüila e esquecer o que aconteceu!
    É só uma ideia, que pode ser considerada ou não – inclusive, aceito opiniões sobre esse e todo o meu comentário!

    Parabéns à página.

  70. Felipe Mariano disse:

    Bom, em partes os que estão sendo atacados estão certos, o mundo não é essa maravilha que o pessoal da internet prega não! Temos que infelizmente sobreviver e se adaptar a ele! O foda é que com a internet, as zueiras começaram a ficar grande demais, pq uma coisa é voce estar na escola, aonde vai ter que conviver com aquelas pessoas o ano inteiro, e outra é ser zoado por pessoas que voce nem sabia que existia, se tornar “famosa” da maneira errada… a menina não tem culpa de nada, ela nasceu assim, é uma opção tirar a sobrancelha ou não!
    A verdade é que sempre existirão pessoas que zoam, filhos da puta que passam dos limites, “politicamente corretos” que promovem a utopia do mundo e os sobreviventes, estes ultimos zoam, são zoados, se fodem como todo ser humano, mas levantam a cabeça e seguem em frente dias após dia! Não ficam só falando e falando sem agir!

  71. Rafaella disse:

    LINDA É SER LIVRE.

  72. Ela é linda de qualquer jeito :)

  73. Paloaldo disse:

    The zoera never STOP !

  74. Rere disse:

    Se a menina tivesse mais de idade até eu entenderia questão de tirar a sobrancelha, mas o questão que ela tinha ainda 11 ANOS,o fato que não são todas meninas dessa idade que preocupariam com a depilação.
    Por acaso, de fato, era uma coisa que precisava ser tirado sarro tanto assim? ‘É muita infantilidade, besta e idiota.

  75. Luis Felipe disse:

    É que alguns babuínos sedentos por alguma merda, estimulam outros babuínos a quererem ser “trolls”. Dae os babuínos sedentos se divertem, por isso os outros babuínos vão aumentando e aumentando a idiotice que praticam. Retardado não é aquele que possui retardamento mental, é aquele que leva uma criança, CRIANÇA, a entrar em depressão, pensar em se matar e etc.

  76. erinete disse:

    o que me deixa muito triste e que isso se repete cada vez mais tenho 12 anos , mais quando tinha 11 10 09 08 sofria que nem ela ,mais tipo eu sofria porque sou gordinha mais se acha que uma criança que uma pessoa escolheu o jeito que deveria nascer se concerteza uma pessoa podesse escolher o tipo que deveria nascer ia escolher oque e claro ser perfeita , relmente ja cheguei da escola chorando por essas coisas por 4 anos por a mesma coisa .
    sabe quem passa por isso entende que nao e façio doi o coraçao e na alma , nunca contei para minha mae mais na quinta cheguei a contar , eu ja fiquei com febre dor de cabeça devido minha sinuzite ser forte , hoje tenho problemas de psicologos se eu ver uma pessoa passando por isso eu choro , quando vou resolver um problema sobre esse tipo passo mal desmaio fico tremendo dor de cabeça e tontura num e façio para uma ‘criança ‘ que nem eu que nem ela aguentar , ja cheguei a pensar em pegar um cabo usb e me emforcar e ja peguei um cabo usb e emrrolei no meu pulso e puchei .
    devido a isso começei ter doenças de adulto como a enchagueca eu nao sinto minha cabeça de tanta dor e tem gente que aida provoca para eu ficar mais irritante ainda se essa pessoas soubessem oque eu passo que passamos elas saberiam que er difiçio.
    SAO INUTEIS E EU REPITO SER FOR PRESISO. TENHO TRALMA , MUITAS DE PESSOAS TEM , E SE FOR PRESISO LUTO PARA QUE ISSO ACABE QUE PAIS E ESSE QUE MUNDO E ESSE , ESTAMOS COM VC JULIA GABRIELE , VAMOS LUTAR E ISSO VAI ACABAR

  77. Rodrigo disse:

    https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/733858_392246037549513_1173578706_n.png

    Não quero dizer que ela mereceu tudo isso que está acontecendo com ela, mas ela ja fez essas coisas tambem ela não é nenhuma santinha de 11 anos que não tem maldade não, e outra coisa essas paginas de humor que “zoaram” ela fizeram uma ou montagens deram risadas e acabou só que ai chegaram os falsos moralistas criando milhões de paginas para a menina somente almentando o ibope querendo Curtir pq eles não estavam nem ai para a menina eles só queriam ganhar os curtir e isso só foi almentando as paginas de humor vendo que toodo mundo tava vendo aquilo começaram a zuar mais e mais e mais e mais é se está até agora com todo mundo vendo é culpa de todos, não só as paginas de humor como as pessoas que estão “apoiando” a menina.

  78. Mary disse:

    Bom… o texto é muito bem explicativo e concordo em gênero e grau com as palavras da escritora. Vim apenas reafirmar. Não interessa sua idade, sua opção sexual, sua cor… Respeito é algo essencial para humanidade. É óbvio que diversas pessoas já sofreram bullying. Também é claro que todos nós já fizemos brincadeira de mal gosto, porém, a diferença é: Saber quando parar. Então, espero sinceramente que a garota esteja bem, por que o trauma que fica é enorme, mas vale a pena lutar e superar.

  79. Maynara Ferreira disse:

    Ela estudou ano passado na minha escola,no 6° ano,eu no 7°,hoje ela no 7°e eu no 8°,e ela foi pro coração de maria (farda q ta usando na 2° foto) e ela não se matou,e isso só começou a acontecer agora que ela foi para a nova escola,na nossa mesmo,que eu saiba não tinha nenhum comentário do tipo.Estamos todos chocados,com tamanha crueldade. E a apoiamos. Força Julia!

  80. Ana disse:

    Eu imagino a situação, já passei pelo mesmo problema, embora em uma época diferente, então a zoação não chegou até a internet nem aos ouvidos dos meus pais. É chato, eu quis sair da escola e não desejo isso pra ninguém. Eu ouvi a típica frase “se não quer que riam, se depila” e não é tão simples assim. Eu tinha a mesma idade que ela e tinha vergonha de falar sobre isso. As coisas só mudaram quando ameacei contar pra diretora, uma pena que a Julia não tenha uma diretora pra poder contar o que de horrível tem acontecido com ela. ):

  81. Maynara Ferreira disse:

    Esqueci de mencionar que ela mora aqui perto!Na mesma cidade!

    1. Rere disse:

      Se essa garota é conhecida sua, você poderia informar se ela está bem ou não neh?

  82. lock disse:

    O pior de tudo é ver como os país estão perdidos em como lidar com a situação, a mãe chorando isso deve traumatizar ainda mais a menina, não estou jogando a culpa nos pais pela menina ter pagina no facebook nem nada dessas besteiras, é a reação depois do fato acontecido. Nessas horas é que a maturidade dos pais TEM que aparecer, eles deveriam , por mais difícil que seja a situação pra ele, contornar o acontecido e transformar isso num aprendizado para filha ficar mais forte, mais sábia, e ajudar nos a ver com clareza como o mundo pode ser belo e sujo ao mesmo tempo.

  83. Geanne Vitorio disse:

    o dono do facebook disse uma vez que o brasileiro acaba com a imagem do facebook.. pois éé, pessoas que zombam de uma criança, q com ctz ela não tem um pingo de maldade, destrói o face! Gnt, querendo ou não, as pessoas não tem ideia completamente d q se expor em uma rede social pode causar, imagina uma criança!!! Não coloquem culpa em seus pais, muitos deles veem essa pagina como divertimento, éé melhor ta teclando no face com suas amiguinhas, do q ta nas ruas roubando, matando, se prostituindo! O face não foi feito para zombações, pelo menos pra mim foi feito para facilitar as distancias com amigos, pra me distrair tbm, ficar por dentro dos noticiarios, dividir fotos d momentos q tive com amigos, namorado, conhecidos, etc. As pessoas banalizaram, nem dentro de casa estamos seguros, pq sempre vai existir alguém para nos sacanear, ate mesmo sem a nossa presença. Aparencia não é nada, vamos todos pra debaixo da terra, ser bonito sem carater nao serve de nada, agora querer transformar, talvez até para o resto da vida, o psicologico de uma criança… é a pior crueldade q se pode existir, porque fazer isso destroi sonhos, gera um enorme complexo de inferioridade, quando na verdade ela é igual a todos nós, entendeu? TODOS NÓS! tou dizendo isso especialmente pra “Você” que fez essa piada maldosa. E te digo mais, Deus vê todas as coisas, o que é seu já está guardado, pode esperar!

  84. J disse:

    Tem gente que precisa rever seus conceitos… O que vai adiantar você dizer que “as pessoas são hipócritas” só porque acham isso que aconteceu com a Julia é um absurdo? É absurdo sim! Cara, estamos em uma época que era para todos os tipos de pessoas serem aceitas, que não era pra haver o preconceito, nem o bullying ou algo do tipo. E que fique bem claro que a internet é uma ferramenta muito útil, que nela, você pode fazer qualquer coisa ou expressar sua opinião, seja ela qual for. Mas isso, moderadamente, com um certo limite. Mas infelizmente as pessoas não veem isso, elas não têm limites. E o pior: a maioria dessas pessoas são ignorantes! Porque para comentar “é só raspar” “o que uma criança de 11 anos tá fazendo no Facebook?” só vejo esse tipo de pessoa como um fraco, um retardado, ignorante… Dizendo que na época deles não havia isso porque ninguem ficava no Facebook. Claro que não havia. Mas os tempos mudam, a tecnologia aumenta, o desenvolvimento também. Só a capacidade das pessoas que diminuem cada vez mais. Eu tenho 14 anos, e hoje, realmente vejo que pessoas “que são adultos o suficiente para ter uma rede social” que se acham os melhores (que essas pessoas, na verdade, usam o Facebook para pagarem de babacas, comentar coisas ridículas, compartilhar só merda), eram eles que deviam parar de usar essas redes sociais. Pra ver se paravam de “defecar pelos dedos”. Então pra mim, hipocrisia é isso: dizerem que uma menina de 11 anos deve parar de usar o Facebook, mas na verdade, não se enxergam e para e pensa que os errados, que quem deviam ser “proibidos” de usar o Facebook eram eles.

  85. PESSOAL! LEIAM POR FAVOR disse:

    PAROU! O problema é que as pessoas não estão entendendo que esse tipo de VIOLÊNCIA não tem JUSTIFICATIVA! Uma criança usando o Facebook, excesso de pelos faciais, genética ruim, culpa dos pais ou qualquer outro tipo de resposta que vocês estão dando para esse caso, não tem nenhum significado! RESPEITO é algo essencial, e a FALTA DELE não tem justificativa! Para aqueles que acham que tem moral para atacar essa menina desse jeito, pense duas vezes!

    Uma coisa que eu não suporto é que:
    * Uma garota com defeitos físicos coloca uma foto no seu perfil do Facebook (algo normal em uma rede social)
    -Resultado: recebe inúmeras críticas e comentários maldosos em relação a sua aparência física
    * Mulheres siliconadas que postam fotos semi-nuas ou até nuas
    -Resultado: recebem elogios e são consideradas parte de algo normal, sem motivo NENHUM para polêmica.

    ACORDA BRASIL!!!!!!

  86. Marcos Vercth disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKK. Quanta hipocrisia, minha gente. “Vamos criar uma matéria na internet para manifestar nossa indignação contra essa sacanagem contra a menininha”. E quantos mendigos andam por aí precisando de ajuda, comida, casa e ninguém dá nada? Agora, uma menina com a sombrancelha sem fazer todo mundo “se movimenta”.
    Julgo simplesmente como uma fatalidade o que aconteceu com ela; foto errada em lugar errado. Esse tipo de coisa acontece o dia inteiro em todos os lugares do mundo, com mulheres e homens. A nossa cultura é assim, existe um padrão para ser bonito e respeitável, se você não se encaixa, o problema é seu, está fora desses padrões e será zombado, criticado, etc. É a lei do mais forte nessa selva de idéias e pensamentos que nos circunda. A foto da menina é feia mesmo e os pais é quem deveriam ter o pingo de vergonha na cara pra ensinar pra ela coisas básicas de higiene pessoal, inclusive fazer a sombrancelha, por que por mais que ela se sinta confortável dessa maneira ela não vai viver bem assim. É como se uma pessoa quisesse viver pelada andando pelas ruas de qualquer maneira: NÃO DÁ! A SOCIEDADE NÃO ACEITA ISSO, e não vai ser essas reinvindicações de merda que vão fazer mudar.
    Essa menina é muito dramática e essa matéria, com essas imagens depressivas da menina só servem pra dar “tumulto” na situação. Corta essa porra da sua sombrancelha que acaba todo esse tumulto e leve a situação na brincadeira, fazendo piadinhas da situaçào, garanto que as pessoas vão te achar muito mais corajosa enfrentando o problema do que choramingando pelos cantos.

    1. Isabelle D. disse:

      Eu fico me perguntando como pode uma pessoa com tamanha insensibilidade. É verdade que esse não é um caso isolado e há tantos outros…tão ou mais piores que esse. Não é fazendo uma sátira com esse caso que você mudará alguma coisa também, meu caro. A foto dela não estava errada, ela não fez nada de errado ao que me parece. A menos que você considere o fato de existir como algo errado. Quanto egoísmo! Padrões escravizantes e ridículos esses em que temos em nossa sociedade. Que faz com que uma menina de apenas 11 anos sinta-se deslocada apenas por ter uma sombrancelha que difere das demais.
      Agora não fazer as sombrancelha tem haver com higiene pessoal? Sendo assim, o que se dirá dos homens que não fazem sombrancelha?
      Ela deveria viver bem assim, porque ela nasceu assim. E se ela achar que há necessidade de mudar, que ela mude por ela mesma e não por uma imposição ridícula dessa nossa sociedade doentia.E as pessoas, resta acreditar que serão mais tolerantes e respeitosas. Não é porque ela é dessa forma que ela deve ser desrespeitada, humilhada, ridicularizada.
      Não podemos dizer como ela deveria ou não deveria reagir, cada um tem um modo de lidar com as situações…o que pode não significar nada para você, pode significar muito para outra pessoa.
      E sem contar que o fato de ter 11 anos faz com que ela não tenha maturidade suficiente para perceber que a opinião alheia muitas vezes é descartável.

    2. Marcos Vercth disse:

      KKKKKKKKKKK. Gatinha, deixe de ser hipócrita você também. Me diga por que você usa esse corte de cabelo? Aquele salto alto que você nunca usa ou aquela blusa da moda que você comprou e está encostada no guarda-roupas? TODOS NÓS somos moldados e definidos pelos padrões da sociedade, sem EXCLUSÃO – uns muito e outros pouco. Ou vem falar que tudo isso que eu citei é mentira? Você se veste e faz o que quer sem ser formatada pelos padrões sociais? Se fosse assim a primeira coisa que você teria era uma sombrancelha que nem a dela, não é mesmo? Afinal você nasceu com ela, não tem que cortar nem nada.
      Infelizmente as coisas são assim e não há nada que possamos fazer para mudar, pensar diferente só trás frustração e infelicidade, e não vai ser esse caso publicamente exposto que mudará a situação, por que no final das contas estamos muito bem como estamos.
      Deixe de querer ser dramática e vá lutar por algo que REALMENTE trará uma mudança na sociedade: vá estudar, aprender coisa nova, abrir sua mente e entender coisas novas em outras áreas, desenvolver o raciocínio pra assuntos realmente significativas e se disciplinar para enchergar padrões que vagam e se formam por aí, ao invés de se deixar ser levada pelo que você vê no Facebook do seu colega. Vá lutar contra a corrupção, fazer uma boa ação, etc. Dessa maneira sim você melhora a sociedade e não ficar choramingando que nem essa menina ridícula aí.
      Não digo que criticar a menina é o que é o correto, mas a situação se tornou deplorável (olha os posts que citaram do suposto “Twitter dela – kkkkkkkkkk), não há necessidade alguma desse alvoroço todo, é só cortar a sombrancelha e pronto. E digo mais: não duvido que essas frases ridúculas de auto-piedade sejam fake ou criadas só pra dar mais “emoção” ao novo drama brasileiro.
      E reforço: viver como quer é o CACETE, todos nós somos moldados para seguir uma certa tendência, e é assim em TODOS os sentidos, até no reino animal a mãe leoa treina os filhotes pra caçarem, matarem, etc. Enfim, tudo é sempre PADRONIZADO, ENGESSADO.
      Aff! Nem sei por que voltei nessa m* de matéria. Fiquei foi com mais raiva desse “incidente aí”.

  87. João Vitor disse:

    O humor negro é uma desculpa esfarrapada para deixar expor a maldade humana. É algo natural? Sim. Mas é pra isso que existe o superego. Pra fazer com que as pessoas se tornem seres sociais, que tenham seus princípios morais e saibam atuar com ética.
    E os padrões, então? Algumas pessoas os criam, julgam as demais e os que tem medo de enfrenta-los tentam se encaixar e juntam-se aos julgadores. Tudo isso por medo. E no fim, acabam praticando a ação que mais temem.

  88. Higor disse:

    A sociedade (um bando de idiotas na internet) que por achar que todos têm livre arbítrio pra dizer o que quer na internet, se acham no direito de tratar um criança com tamanha crueldade que nem nesse caso, típico de quem não tem nada o que fazer. Pessoas que tem a internet como uma única ferramenta para se socializar com outras. Fazer isso com uma criança é desumano, digno de cadeia.

  89. Rosa Pinheiro disse:

    Bom Senso? E você aí, usando o caso da menina para aumentar seu “Ibope”, se intitulando escritor e crítico? Me parece que precisa estudar um pouco mais… Escreve mal, não disse nenhuma novidade, e ainda contribuiu com a propagação da idiotice. E ainda pede que denuncie-se quem plagiar seu texto. A moda da Internet agora é pegar carona em tudo que é viral pra tentar seus 5 minutos de fama… Fizeram isto com milhares de pessoas, inclusive com a filha da Ticiane Pinheiro, e vão continuar fazendo, (não que eu aprove), porque sempre tem um bando de idiotas que ri, compartilha, ou que cria polêmica sobre o caso. O dia em que aprenderem a ignorar este imbecis, se abstendo de curtir, e compartilhar, e de fazer páginas “horrorizadas!”como a sua, não haverá mais isto… Só então… Parece impossível? Também acho…

  90. T disse:

    Eu acho que realmente as redes sociais não são para as crianças, é uma janela para o mundo e um pai zeloso não deixaria seu filho sozinho na rua, e na internet a criança está desprotegida e sujeita a tudo e todos da mesma maneira (a pedofilia é um dos exemplos de perigo). E pior, porque muitas vezes essas pessoas não tem cara (identidade), como eu e como o “K”, qualquer tipo de pessoa, até os idiotas que fizeram isso.
    Dizer o que ela deveria fazer com o próprio corpo (o corpo é dela), mandá-la raspar ou não, é o mesmo que dizer aos homossexuais se podem ou não se relacionar, isso só cabe a ela. O engraçado é que as mesmas pessoas devem falar contra o Silas e os outros. Não espere bondade de humanos, é ingenuidade demais, somos violentos, sádicos, maus… Maldito o homem que confia em outro homem. (Salomão)
    Também sofri bullyng, era no colégio, me jogavam coisas (a turma toda), e me ignoravam na educação física, porque eu era diferente, eu ia para estudar, não fumava com elas no banheiro, não ficava me agarrando na rua com os meninos (não por falta de convite), e continuo sendo diferente, ninguém queria estudar, hoje posso escolher entre UFRJ e PUC, e minhas “colegas” de escola são mães solteiras que pararam no E.M, nunca as mostrei uma lágrima. Uma das meninas jogou em mim uma latinha de coca-cola, tinha uma família desgraçada e ficou epilética por causa das drogas e bebidas, ou seja, “zuar” do jeito ruim, é coisa de gente infeliz. Faço psicologia.

  91. Tenho vergonha desse país, é por isso q não vamos para frente, virar e falar eu não ligo que me zoem é fácil quero ver passar pelo oque ela passou, se olhem no espelho antes de julgar qualquer pessoa, se ela é feia ou bonita foda-se ninguém tem nada com isso, como foi dito ela é uma criança de 11 anos, ela ao menos é quem ela é, seja nas redes socais ou em casa, muitos são hipócritas, tiram fotos, passam no photoshop só para ganharem trilhões de curtidas e comentários, cresce né, ninguém fala dos problemas do Brasil né, ninguém quer colocar a cara a tapa para falar q aqui não tem saudade, educação, as leis são uma bosta onde nada acontece, já pararam para pensar em quantos ladroes estão nas ruas? pessoas que foram condenadas e estão livres, enquanto muitos estão se preocupando com a beleza dessa menina, o mundo está em perigo, enquanto pessoas zoam ela, os presidentes de outros países zoam o nosso país de um grande lixão. beleza existe cirurgia plastica, maquiagem e outras ferramentas mais e o caráter, o respeito ao próximo? isso vem de berço, isso vem de família, coisa que muitos não tiveram.. quero ver se pegam uma foto desses que estão zoando e fazem uma brincadeira q se expande na net como se sentiriam ao sair de casa e ver o mundo inteiro rindo da sua cara, acorda né galera, já passou da hora do Brasil acordar e dar mais importância para as coisas serias ao invés de perder tempo cuidado da vida dos outros.

  92. Erick disse:

    De fato é muito triste o que aconteceu com esta menina. Mas a minha opinião se reserva somente a isso: facebook não é para crianças, mas se mesmo assim ela insistir em participar, os pais devem deter o controle da situação, monitorar o acesso e ter o conhecimento das configurações de privacidade necessárias à preservação da integridade do usuário(a).

  93. Ally disse:

    Não li todos os post, mas alguem parou pr pensar que ela é uma criança? E só isso ja basta hoje em dia pra responder muitas questoes?

    Eu hein, não estamos evoluindo nem desevoluindo porque isso é impossivel. Estamos estagnados e tenho muito medo da sociedade!

  94. toni disse:

    sempre existirao FDP que se acham os espertoes por tirarem sarro das pessoas seja na internet ou na vida real esses FDP na maioria das vezes nao tem limites e fazem piada ate com criancas inocentes e depois querem se justificar com argumentos toscos, esses FDP deveriam pagar pelas consequencias de seus atos, deveriam pagar caro, esses FDP estao em todos os lugares sempre querendo se promoverem de maneiras esdruxulas ferrando os outros, esses FDP estao em todos os lugares, felizmente ha pessoas de bom senso ainda, e que certamente nao precisam ficar humilhando pessoas para se divertirem, zoar e o caralho, VSF com as brincadeiras nojentas de vcs ha limites que devem ser respeitados, se os FDP que adoram zoar nao respeitam uma crianca na internet nao respeitariam em lugar algum, nao venham com papinho de “internet e assim mesmo” FDP e FDP em qualquer lugar seja na internet ou nao, a diferenca e que na vida real vcs podem se fuder pois nao estao protegidinhos atras do computador onde muitos mostram o verdadeiro lado agressivo e desrespeitoso.

  95. nefShunse disse:

    An fascinating discussion is worth comment. I feel that you simply should really write far more on this subject, it may well not be a taboo subject but normally people aren’t enough to speak on such topics. To the next. Cheers

    red bottom heels

  96. Eliane disse:

    O facebook pode ser para crianças também, meus dois sobrinhos possuem perfil no face, devidamente monitorados por mim e meu irmão, para que idiotas não se atrevam a fazer graça. O facebook não é mesmo é para os retardados, não tem ideologia e pontos de vistas dignos de um ser humano, cala a baca e avita exprimir sua mediocre opinião. Se for para falar besteira, fica calado.

  97. leticia disse:

    facebook e uma coisa que criança nao divia ter porque pode acontecer coisas que ninguem merece tem gente que quer so humilhar enves de curtir ou compartilhar coisas boas de ser ver e ouvir e isso so acontese porque as pessoas dao espaço trela para as outra